ximenes belo

Prémio Nobel da Paz D. Carlos Ximenes Belo visita Oliveira do Hospital em Abril

O Bispo D. Carlos Ximenes Belo vai estar em Oliveira do Hospital no próximo dia 21 de Abril e realiza uma conferência, pelas 21h00, no Teatro da Sociedade Recreativa Ervedalense, em Ervedal da Beira, subordinada ao tema “O Mundo precisa de Misericórdia”. A presença do Prémio Nobel da Paz esteve prevista para participar nas Conferências Jubilares “A Igreja vive o desejo de oferecer Misericórdia”, organizadas pela Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital que decorrem nos próximos dias 16, 17 e 18 de Março também na sala de espectáculos de Ervedal da Beira, mas alguns problemas de agenda obrigaram a uma alteração. É que o Bispo Emérito de Dili desloca-se a Timor-Leste para a Ordenação Episcopal do novo Bispo da capital timorense, no próximo dia 19 de Março.

A visita e palestra de D. Ximenes, também organizada pela da Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital, fica adiada para a noite de 21 Abril, altura em que o Prémio Nobel da Paz estará no concelho. E a sua agenda não se limitará à conferência. Ao início da tarde, pelas 15h30, realiza uma visita à sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, seguindo-se, pelas 18h00 uma recepção na Câmara Municipal. Às 19h00, D. Ximenes Belo celebra a Eucaristia na Igreja Matriz de Oliveira do Hospital.

O novo programa das Conferências Jubilares passa a contar, no dia 17 de Março, com o Dr. João Paulo Fernandes, Professor de Teologia Bíblica, que falará do tema”A Misericórdia na Bíblia”. Os restantes conferencistas mantêm-se: a Irmã Inês Vasconcelos (Capelania dos HUC) e o Professor Doutor Manuel Augusto Rodrigues (Professor Catedrático da Universidade de Coimbra).

Apesar de perder um protagonista de peso, o evento, uma iniciativa da Unidade Pastoral de Oliveira do Hospital para melhor celebrar o Jubileu da Misericórdia convocado pelo Papa Francisco, agendo para a próxima semana Teatro da Sociedade Recreativa Ervedalense, prometem segundo os responsáveis pela organização ter testemunhos importantes. “É a resposta a um apelo do Papa Francisco para que a misericórdia seja o oxigénio da igreja, que não seja esquecido o acolhimento dos mais frágeis e que a igreja seja uma porta aberta a todos”, explica o Diácono Francisco Prior Claro, um dos principais responsáveis pela organização do evento.

Lembrando que estamos num momento em que se discute a eventual legalização da eutanásia, Francisco Prior Claro acredita que será importante por exemplo ouvir a Irmã Inês Vasconcelos, ela que trabalha diariamente com aqueles que sofrem nos Hospitais da Universidade de Coimbra. “É bom ouvir alguém que lida todos os dias com o sofrimento e que sabe o que é estar ao lado de quem sofre”, conta, adiantando que estas três palestras podem ajudar a fazer uma reflexão sobre a misericórdia.

LEIA TAMBÉM

IP reforça meios de prevenção e limpeza de gelo e neve nas estradas da Serra da Estrela com novo Silo de Sal-gema na Guarda

A Infra-estruturas de Portugal (IP) instalou na Guarda, um novo silo de sal-gema com capacidade …

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …