Presépio

Presépio no Largo da Capela – Vila Franca da Beira. Autor: João Dinis, Jano

A iniciativa é toda de uma família local. Resolveram fazer um Presépio de Natal – no palco do Largo da Capela. Presépio artesanal, a reflectir o gosto e o jeito das mãos de quem o montou, peça a peça, ali. Recorreram, é certo, a peças já feitas. A enfeites, a luzinhas pisca-pisca, mas até isso foi enquadrado na construção artesanal, simples mas trabalhosa ao mesmo tempo. Também por isso, eu gosto. Por isso, com gosto, saúdo os artesãos do Presépio, do Largo da Capela.

O Presépio desenvolve-se junto ao Brasão, talhado em granito, da Freguesia de Vila Franca da Beira. Brasão que está colocado, “provisoriamente”, no palco do Largo da Capela, há mais de dois anos. Há demasiado tempo… Parece que, “um dia”, vão deslocá-lo para o novo  “jardim” que também já tarda a nascer no actual “jardim de pedras e entulho” que, agora e tal como mal-está, mal-fica, frente à Capelinha Mortuária, ao Rossio. Desta parte eu não gosto…

É Natal. Boa Nova. Nascimento – Esperança.

Vamos então pedir ao Menino Jesus (das autarquias) que mostre a alguns autarcas o caminho que leva a Vila Franca da Beira…e àquele largo, àquele “jardim de pedras e entulho”, frente à Capelinha Mortuária. E que os ilumine e lhes permita terem uma visão: o novo Largo com o respectivo projecto de recuperação já concluído. Para verem que vale a pena. Para, finalmente, apressarem a obra. Avé! Quero vir a gostar desta parte…

Renascer de uma pequena-grande Freguesia.

E que o Menino Jesus dos governantes (finalmente) lhes projecte uma esplendorosa epifania: pois que seja recriada, em breve, a pequena-grande Freguesia (autónoma) de Vila Franca da Beira. E gostamos tanto desta parte que nós próprios – e todos os Vilafranquenses que se prezem – nós não vamos parar!…

janoentrev1Autor: João Dinis, Jano

LEIA TAMBÉM

Presidente da CM de Oliveira do Hospital indignado por FPF esquecer Coimbra e quer jogo de solidariedade da selecção naquela cidade

O presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, criticou a Federação Portuguesa …

Caça praticamente proibida no concelho de Oliveira do Hospital até Maio de 2018

A caça está proibida até 31 de Maio de 2018 nas zonas consumidas pelos fogos, …