Presidente da Câmara de Oliveira de Hospital anuncia desfile de ovelhas em Lisboa, mas não esclarece PSD sobre os custos do contrato com Fernando Mendes e publicidade televisiva

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital anunciou na última Assembleia Municipal que está praticamente tudo tratado para que se realize no próximo dia 6 de Março um desfile de ovelhas em Lisboa, uma acção de promoção da Festa do Queijo Serra da Estrela local. José Carlos Alexandrino explicou que falta apenas a aprovação da Provedora do Animal para que a iniciativa tenha lugar. Já as questões colocadas pelo eleito Rafael Costa sobre as iniciativas de promoção do evento ficaram sem resposta. O eleito social democrata pretendia quais os custos do “contrato de amigos” que o autarca disse ter realizado com o actor Fernando Mendes e quanto pretende gastar em publicidade televisiva em horário nobre.

A atitude não surpreendeu o eleito social-democrata que considera esta forma de estar do presidente da autarquia recorrente. “O Sr. Presidente de Camara continua a não responder às perguntas dos deputados da oposição. Mostra falta de cultura democrática e um desprezo perante as funções dos deputados da oposição nesta assembleia que é de fiscalizar e questionar o presidente da Câmara. Às vezes parece que é proibido fazer-se perguntas nas AM de Oliveira. É um ´´zig-zag’ constante, fazendo tudo para não responder. O Sr. Presidente preocupa-se mais em fazer oposição ao passado em vez de falar de futuro. Parece que sonha com o Professor Mário Alves, tal é a frequência com que se refere aos seus mandatos”, disse ao CBS Rafael Costa, sublinhando que “o segundo em televisão é pago a preço de ouro e convinha que fosse esclarecido quanto é que isso vai custar aos cofres do município e qual o significado de contrato de amigos realizado com o actor Fernando Mendes para participar no ‘spot’ publicitário da Feira do Queijo”.

José Carlos preferiu falar nas negociações que decorrem com a Câmara Municipal de Lisboa. “Em princípio, dia 6 Março, faremos um desfile de ovelhas em Lisboa. Isso são convicções fortes de marketing. O ano passado foi em Coimbra e eu anunciei que este ano seria ideal fazer um na Avenida da Liberdade. Temos alguns problemas com o provedor dos animais que exige muito cuidado para os animais não entrarem em stress”, disse o autarca, recordando que a Liga dos Animais impediu recentemente uma iniciativa do PSD que pretendia realizar uma corrida nas ruas da capital entre um burro e um Ferrari.

Um evento que também merece reparos de Rafael Costa, para quem existem outras prioridades para o concelho. “Em vez de se preocupar em correr para Lisboa com ovelhas gostariamos de ver o Sr. Presidente mais preocupado em tentar  atrair investimentos para a criação de emprego em Oliveira, nomeadamente emprego jovem. Como por exemplo, indo ao encontro de uma proposta do PSD feita em AM que sugere ao Município para estar presente em Lisboa no próximo Web Summit”, conta.

O autarca, porém, aproveitou o momento para anunciar que decorreu recentemente uma reunião em Oliveira do Hospital com todos os representantes das Câmaras, alguns presidentes fizeram-se representar por vereadores, que têm queijo Serra da Estrela com o objectivo de se organizar uma grande feira do queijo Serra da Estrela em Lisboa. “A reunião fez-se aqui porque a ideia partiu de Oliveira do Hospital e a feira poderá ocorrer provavelmente em Maio”, concluiu.

LEIA TAMBÉM

PSD e CDS/PP de Oliveira do Hospital solidários com vítimas da tragédia de Pedrogão Grande

O Partido Social Democrata de Oliveira do Hospital e o CDS/PP manifestaram–se ontem solidários com …

Nelo Silva é o candidato da coligação liderada pelo CDS à Bobadela

A coligação “Construir o Futuro”, liderada pelo CDS, e que integra o MPT e o …

  • Guerra Junqueiro

    Quanto custou o Fernando Mendes? O ano passado o artista convidado foi pago pela Centro TV, ainda não se sabe quanto custou a Centro TV.
    Já o Fernando Mendes, pelo menos no restaurante fez-se acompanhar pela equipa dele sem que alguém soubesse. Vá lá, o restaurante Cristina teve que arranjar comida para mais vinte pessoas sem estar a contar, pagando a autarquia, claro.
    Não percebo porque é que a Liga dos Animais proibiu o burro de correr pelas ruas de Lisboa, ainda recentemente vi dezenas de cavalos a acompanhar um defunto, onde quatro deles o puxavam e não houve problema nenhum. O que leva a crer que tenham receio que o burro chame muita gente ao evento, coisa que não aconteceu com o defunto.
    Não será melhor dar-se o nome do burro à rua? Sem dúvida que será mais utilizada.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

    • Irene Lopes

      Não foi a Liga dos Animais foi a provedora dos animais da CML -uma pessoa do PAN a quem foi dado um ‘tacho’ pelo Costa.

      Vejamos: a ‘rica’ agora não vai proibir o desfile das ovelhas :))))) -elas são do PS!

      • Guerra Junqueiro

        Quem disse que tinha sido a Liga dos Animais foi o presidente da Câmara.
        Por o que a Senhora afirma, nunca o presidente falou tão certo, foi sem dúvida algum “animal da liga”.

        Cumprimentos
        Guerra Junqueiro

  • malha

    Não deviam ser o produtores de queijo a organizar este tipo de manifestações?
    Tem que vir o estado-poder local organizar coisas para as quais não tem a mínima vocação, nem crédito?
    Se é organizado pela C M então não será antes um acontecimento da campanha do Alex???
    Haja pachorra e dinheiro para pagar estas ‘promoções’!!!!