Presidente da Câmara questionou resultados das ZIF

… de Oliveira do Hospital, em reunião pública do executivo, em jeito de resposta à intervenção do vereador José Francisco Rolo que, momentos antes, se tinha congratulado com o trabalho que tem vindo a ser realizado pela Caule – Associação Florestal da Beira Serra.

O eleito socialista tinha feito uso do período antes da ordem do dia para se referir ao trabalho da associação na constituição de várias ZIF – “a última foi a de Terra Chã”, destacou – que adjectivou de “meritório”, na expectativa de que venha a “surtir os devidos efeitos”.

Recordando o dia em que participou na constituição da primeira ZIF a nível nacional, o presidente Mário Alves interrogou sobre os objectivos das estruturas, sublinhando que “a única coisa” de que tem conhecimento é de que – como frisou – “o governo entregou uma verba avultada à Caule e à Associação Florestal do concelho de Arganil – 350 mil e 100 mil euros, respectivamente – no âmbito do abate de árvores afectadas pelo nemátodo”.

O presidente do município esclareceu, contudo, que a câmara tem cooperado com a associação na cedência de toda a informação solicitada. “Não estou a dizer que a culpa é da Caule, mas parece-me que estas estruturas foram criadas, mas falta-lhes a base financeira para poderem funcionar”, sustentou Mário Alves, rematando com a constatação de que sem dinheiro “não se pode fazer qualquer intervenção para a defesa da floresta”.

LEIA TAMBÉM

Câmara Municipal de Seia promove incentivos à criação de emprego e ao investimento.

Município de Seia disponibiliza 100 mil euros para prioridades definidas pelos munícipes

A Câmara Municipal de Seia alocou uma verba de 100 mil euros para o orçamento …

Turistrela tem anteprojecto para colmatar problema do corte de estradas de acesso à Torre

Turistrela concluiu um anteprojecto para a instalação de três telecabinas na Serra da Estrela, iniciativa …