Presidente da CM Oliveira do Hospital quer ver a ESTGOG incluída no programa de incentivo à procura de estabelecimentos de ensino do interior

Presidente da CM Oliveira do Hospital quer ver ESTGOH incluída no “Programa +Superior”

O Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital está indignado com a exclusão da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTGOH) do Programa +Superior, um projecto que tem por objectivo cativar alunos para instituições sediadas nas regiões do país com menor pressão demográfica. O autarca  pretende que a situação seja revista e vai enviar uma Moção, aprovada hoje em assembleia extraordinária da autarquia, a várias entidades, numa tentativa de levar o Governo a emendar aquilo que classifica como uma enorme injustiça. Deseja, em particular, solicitar a intervenção do Ministro-adjunto e do Desenvolvimento Regional junto do Secretário de Estado do Ensino Superior” para ajudar solucionar o problema.

“Este é um território incluído numa zona de baixa densidade populacional. Obedece a todos os critérios e parâmetros necessários para fazer parte do programa”, referiu em conferência de imprensa José Carlos Alexandrino, frisando que este é mais um exemplo da forma como está a ser mal tratado o seu concelho. “Sentimo-nos descriminados. Os alunos de Seia podem candidatar-se a essas bolsas e os de Oliveira do Hospital não. Há aqui uma descriminação. O próprio presidente do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) também já manifestou a sua discordância”, confessou, adiantando que pondera levar o assunto aos tribunais, caso não “o princípio de justiça” não seja observado.

José Carlos Alexandrino diz mesmo que “o Governo mostra falta de atenção em relação a Oliveira do Hospital”. “Tem tratado muito mal o nosso concelho”, sublinhou, apontando a título de exemplos a extinção de freguesias, a constituição do mega agrupamento escolar e a desqualificação do tribunal. E lembrou ainda que o IPC também tem promovido a transferência injustificada de cursos atractivos da ESTGOH para outras escolas, empobrecendo a oferta formativa local. Algo contra o qual também promete combater. “Queremos vincar a importância da ESTGOH, enquanto escola descentralizada do Instituto Politécnico de Coimbra no interior da região centro”.

O Programa + Superior, recorde-se, pretende atrair jovens para regiões em perda demográfica, oferecendo um total de mil bolsas no valor de 1500 euros aos alunos que optem por estudar em estabelecimentos de ensino sediados no Interior, onde a pressão demográfica é menor. O objectivo é também utilizar melhor a capacidade educativa instalada e incentivar a fixação de diplomados nas zonas mais desfavorecidas do país, contribuindo para o desenvolvimento regional.

 

LEIA TAMBÉM

João Paulo Albuquerque acusa PS por não concluir IC6, pelo menos, até 2030

João Paulo Albuquerque considera que o IC6 não é uma prioridade, mas sim uma necessidade …

Alunos da ESTGOH consideram “Oliveira do Hospital uma cidade acolhedora”

ESTGOH atrai 110 alunos na primeira fase de acesso ao ensino superior, curso de Gestão das Bioindústrias sem grande adesão

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) preencheu 110 das …

  • Cidadão Oliveirense

    Alex,

    Também queria que mudasses a politica.

    Que tal deixares as festas e começares a fazer pela vida a sério do Cidadão Oliveirense.

  • Assurancetourix Das Beiras

    Duas reflexões, aqui do alto da minha árvore:

    1. A Escola Superior de Hotelaria de Seia pertence ao Instituto Politécnico da Guarda cidade que será, naturalmente, considerada “mais interior” do que Coimbra.
    Provavelmente, considera-se a sede de cada um dos politécnicos, na hora de seleccionar aqueles que podem ou não beneficiar do dito ‘Programa +Superior’. Parece-me que as responsabilidades cabem, também, à presidência do IPC e ao Município, que deveriam ter exposto estes argumentos mais cedo. Este programa foi anunciado há alguns meses pelo ministro da Educação… estávamos de férias, ou em festa?

    2. “Tem tratado muito mal o nosso concelho”, sublinhou, apontando a título
    de exemplos a extinção de freguesias, a constituição do mega agrupamento
    escolar e a desqualificação do tribunal”.

    Mal ou bem, é uma questão ideológica. Mas Oliveira do Hospital não é diferente do resto do país. Há é municípios que sabem, no tempo e nos locais certos, fazer valer os seus argumentos. E depois há os outros…

    • Guerra Junqueiro

      Caro Bardo;

      Sinceros parabéns, melhor será difícil.
      Infelizmente, estamos entregues aos outros.

      Cumprimentos
      Guerra Junqueiro

      • PSD desiludido

        É verdade, estamos entregues ao Governo PSD que só prejudicou Oliveira do Hospital.
        Acresce o facto de nem agora ver uma só voz ou ação do PSD local em prol da ESTGOH.
        Viana do Castelo que beneficia do programa +Superior também deve ficar lá para o lado da Guarda.

        • Guerra Junqueiro

          Caro desiludido e afins;

          As melhores universidades do País com cursos de referencia internacional estão sem alunos, o que querem que aconteça à ESTGOH?
          Querem mantê-la? Está bem, comecem a pagar aos alunos para virem para cá estudar, e mesmo assim tenho duvidas que apareçam.
          Estou é admirado por o Sr Presidente não ter ameaçado já com o corte de meia dúzia de estradas, o fecho dos hospitais e o que resta do Tribunal, fechar as escolas, etc..
          Sr Presidente, não consegue ver que na sua administração o concelho perdeu mais do com todos os anteriores presidentes? Não acha, que não tem vida para isso? Pense nisso.

          Cumprimentos
          Guerra Junqueiro

  • António Lopes

    Quem procura sempre alcança. Pediram “Guerrilha” e “dôr”, foram correspondidos. Ai estão…Política e governação são algo mais que foguetório. Como de costume, o Povo é que paga…

  • O Salvador de Avelar

    Querem Bolsas para quem? Alguém cá estuda? Quantos entraram? quantos pediram transferência?…no final…vamos ter 16 novos alunos..Nada mau, Alex, é um por cada freguesia…se as bolsas vierem, dá ao técnico de comunicação, ouvi dizer que é mal pago e, a única coisa que faz, para além de beber cerveja e mandar uns fumos, é vir para aqui mandar uns bitaites..Belo emprego, enfim, melhor que lavar roupa…o que também faz bem!

  • Combate

    Pessoal: Eu vou desistir. Hoje falava com algum pessoal do “grupo de combate” e concluímos que esta gente não dá luta. Um até disse: “isto é bater em mortos” Combati a ideia. Porém, olhando para este ar abatido destes três personagens acho que vou dar o acordo. A Drª Graça que leva por arrastamento, até parece que está a pedir perdão por tanta asneira..! Na próxima reforma a sério, que o PS queria fazer, acho que também vai a Câmara. .

  • Elzira

    Estes três são ridículos… é uma infelicidade dizer asneiras, mas porra, sempre em público?! ACORDEM,se deixassem a porra do vinho, das romarias, dos bailaricos e de fazer pisca para a Cristina, iam ter tempo para tratar dos assuntos que deveriam tratar..Caso contrário é isto, vir falar da pólvora depois de seca….Alex, vai para secretário de estado, ainda não te conhecem podes ficar uns meses, aqui, já te conhecemos de ginjeira!

    • Só dá para rir

      Agora, até a partos assistem! Irra.

  • Dr. Lacrau

    Continua a sangria a frio da ESTGOH. A política deste governo mata-a e a política da Câmara presta-lhe cuidados paliativos. É morte assistida. A Associação de Estudantes da ESTGOH porta-se como agência de futuro emprego para alguns dos que a ela pertencem. É oportunismo do mais vergonhoso tanto mais vindo de jovens. Mas que raio de porcaria é esta toda ? É necessário envolver na luta as forças vivas e as pessoas ! Esta coisa da procura da conversa privada com este ou aquele governante, esta excessiva opção da Câmara pelo compromisso escuso, este comportamento pívio só pode continuar a dar os maus resultados que conhecemos ! Que porcaria !

  • Dr. Lacrau

    Dr. Lacrau

    E continuando
    E a Vereadora da Educação confessou há dias que já não há dinheiro nos cofres municipais para acudir a necessidades várias do parque escolar do Município. Porcaria ! Então que foi feito da guita deixada em herança ao PS e ao atual Presidente pelo anterior Presidente da Câmara PSD ? Ah ! Foi gasto nas festarias, nas comezainas, nos sintéticos em honra dos afilhados da política PS na Câmara. Porcaria ! Sim, falo deste forma porque lá se está a ir a educação para a sarjeta…

  • Politicalex

    Pois: Diz muito bem, Dr. Lacrau. A vergonha é tão pouca que empregam lá as bandeirinhas gastando os recursos que podiam ser uma forma de estimular as parcerias. Perante estas atitudes alguém pode levar esta gente a sério? Um presidente de Câmara que ameaça com cortes de estradas lutas de guerrilha, revoluções com dor, e nada faz, pode ser levado a sério? Qual é o governante que liga ao que ele diz ? Claro que o castigam. Melhor castigam-nos a nós . O descrédito está a revelar-se mortífero para o Concelho.

  • Explica para Mim

    Sr.Presidente, se reunimos todas as condições e não somos contemplados,quais são as ilações que o Senhor tira? Explica para mim..?

  • Bem Prega Frei Tomás

    Gosto do parágrafo que se segue do Diário de Noticias da Madeira sobre um santinho de pau carunchoso que, agora com os seus novos amigos politicos, dispara em tudo o que mexe. Há gente que não se enxerga e não consegue perceber o ridiculo. Tenho Pena!

    1. Esta declaração de enriquecimento brusco – de encarregado de obras a empresário da construção civil – passou totalmente despercebida na Madeira – “incluso” até no “Pasquim da Madeira” onde foi publicada. O protagonista desta milionária ascensão é o empresário António Lopes que, em nota assinada pela Presidência do Governo Regional da Madeira (24.10.2012), é classificado como um “indivíduo militante do partido comunista que, ao que se saiba, já não exerce como empresário”.
    Ou seja – um “papa crianças” desconhecido na Madeira!

    Está tudo em
    http://m.dnoticias.pt/impressa/revista/354977/355204-trim-trim-conhece-o-lopes

    • Ativo tóxico

      Diga-se também que este activo tóxico já nem exerce como empresário porque passou tudo para o Banco Mau nem como militante do Partido Comunista porque já não dá jeito nenhum andar com o PCP. Na festa do Avante houve um destacado membro do comité que até disse. Esse, ainda bem que o levaram porque não caga à entrada mas caga à saída. É tal e qual assim. Fartei-me de rir.

    • Politicalex

      Não vês que esta notícia é uma resposta a gozar com o Alberto João? Começou no outro dia dois túneis na tua terra estão feitos? Ele precisa de vos aturar para quê? Os inúteis sempre se incomodaram com as pessoas de sucesso. Não vês que o homem sabe trabalhar? Em que é que a notícia o apouca? Quando andavas a mamar não te preocupaste…

    • António Lopes

      Senhor “Frei Tomás”: Para uns andarem permanetemente em festa outros têm que esperar 14 anos, e vamos ver se recebem. Falido, falido, mas eram 11 milhões. Agora são mais… Pode ser que o homem os c..gue mas, lá que existem existem. Pode ser que dê para pagar as indemnizações por difamação que alguns receiam não receber…Não viu lá esta notícia onde foi buscar o comentário? O meu sentimento só pode ser de pena.

      “A manchete da edição de hoje do DIÁRIO revela que construtor denuncia
      Jardim. O patrão da Tecnorocha, António Lopes, exige 11 milhões de euros
      por obra feita em 2000 e que foi solicitada directamente pelo
      Presidente do Governo”.

  • minerio

    Recorda que “as coisas não correram bem como o meu irmão e a empresa faliu”.

    Também gosto deste parágrafo do santinho de pau carunchoso. O irmão, que Deus tem, é que o tirou da mina e depois as coisas não correram bem. Mas com quem é que as coisas alguma vez correram bem? Não há noticia disso.

    São as histórias do senhor minério
    http://cebola.net/v2/index.php/artigos-de-opiniothermenu-182/212-de-mineiro-a-miliono.html

  • Politicalex

    Não sabes a quem correu bem? Tu sabes bem quanto lá trazes.Se não fosse ele os mandantes estavam onde? Ao PS também correu bem.Recebeu a campanha duas vezes!!! Pergunta lá pelos 232 000 00? Não há mais nada para dizer? Ainda no outro dia lhe queriam fazer uma estátua? O problema é que tu, encaixaste-te: A 1ª dama da cordinha é o que sabe.Um terço da Comissão política é o que se sabe.É natural que vos incomode…Nós conhece-mo-lo bem. A ele e a vocês…

  • Politicalex

    “Frei Tomás” : E quem são os novos amigos políticos do Homem? Podes partilhar? Andas sempre esquecido nas tuas funções mas de vez em quando, lá te picam, e tens que vir mostrar serviço. Gosto. E que dizes daquelas declarações do pessoal da Ponte das Três Entradas? E do empresário que colocou o cartaz? Deve ter sido o Lopes que o foi lá pôr? E O hotel das Caldas, como é que anda a coisa? Espera mais uns dias e já vês como elas vos mordem..! E o pessoal de Alvôco que se revoltou com o caminho? E as critícas que andam por este Concelho? Festas, festas, outra vez festas. Da que gosto mesmo é da conferência de imprensa para apresentar as sôpas!!! O diabo, quando se viu perdido, também começou a afiar paus…Olha o Lopes já alguma vez gastou um euro ao Concelho? Se não fosse o chapeu da “mãozinha” qual era a vida dos mandantes? Pode saber-se? Fora dali alguém os conhece?

  • António Lopes

    Não foi desta Notícia que o “Ilustre abade” tirou o comentário? A notícia não lhe interessa? Tenho um passado de que me orgulho.Pode dizer o mesmo?

  • Explica para Mim

    Director de Comunicação: Pelas notícias do Beira Serra, ontem, houve conferência de imprensa.No Folha do Centro e na Centro TV não vi notícia. Explica para mim: Acabaram-se as avenças?

  • JPCRUZ

    deixem-se de andar a fazer propaganda barata e de andarem a enganarem as pessoas e realmente defendam a ESTGOH. Porque constansse e disse para ai que o actual presidente da ESTGOH e o presidente da associação da mesma instituição ja tem o tacho na BCL3 por isso tenham vergonha.
    A cDU alertou muitas vezes sobre o fecho da ESTGOH e outras coisas mais . está na altura de mudamos a tendencia de voto

  • Nuno Marques

    “Politiquices” à parte que é o que eu vejo nos comentários abaixo, isto é sem dúvida bom trabalho!

    Objectivo: Atrair gente para a ESTGOH, toda a gente se devia unir afim de concretizar esse objectivo em vez de estarem aqui todos a lançar pedras uns aos outros!

  • Combate

    “Nuno Marques”: Concordo plenamente. Só que, governar, é a arte do possível. O Senhor Presidente da Câmara teve, no que à ESTGOH diz respeito,o apoio de toda a oposição. Que fez o Sr.Presidente? Virou-se contra o Director do IPC e tratou-o de tudo. Na comunicação social, pessoalmente na Caixa Agrícola, em reuniões sobre o assunto. Na campanha eleitoral, contra a Drº Cristina Oliveira, que tem as funções que tem, foi o que se sabe. O Sr.presidente tal como em todas as situações de conflito de interesse, mostra o peito , diz umas patacoadas, mais parece um dirigente sindical. Ora, naquele lugar, tem é que se fundamentar a razão.tem que se ter a arte de sensibilizara as pessoas e demonstrar a razão que nos assiste. Nas instalações, jurou que as ia construir. Anunciou que tinha um particular para as fazer e explorar. Só que… Depois, é um facto a diminuição de alunos. São um facto os apoiois que, por todo o lado, as autarquias oferecem para fixar as pessoas, apoiar os alunos e as instituições. O que se faz em OLiveira? Começou a fazer-se da ESTGOH mais um local para encaixar BOYS. Veja a vergonha da namorada do líder (do líder!!!) da Concelhia PS. Na BLC que se pretende um prolongamento e complemento da ESTGOH, começaram a fazer-se projectos em concorrência aos projectistas locais. Aquilo está a virar um regabofe como tudo o mais… Com um governo de sinal contrário, o Sr.Presidente anuncia cortes de estrada , guerrilha e reclama dôr!!! Nunca ninguém lhe ensinou que o “borreguinho manso, mama a sua e a alheia”… e quando assim é… Resta dizer-lhe que com este presidente e esta política, quando o PS voltar ao governo, não vamos ter IC e com a política de reestruturação das autarquias, corre-se sério risco de acabar com a Câmara. Desta vez foram algumas freguesias. O projecto de José Junqueiro era bem mais profundo. Por aqui, cultivam-se os sintéticos. (Tábua inaugurou dois,agora!!! ) e a bola. São as prioridades. E quando assim é, espera-se o quê??? Unidos sim mas, em torno de quê e de quem?