Presidente da distrital exige demissão da comissão política do PSD de Oliveira do Hospital

O clima de conflitualidade entre a comissão política distrital e a concelhia do PSD de Oliveira do Hospital continua a agudizar-se e Pedro Machado já veio a público exigir a demissão dos dirigentes do PSD local.

“Aquela que se auto-intitula de comissão política de secção de Oliveira do Hospital, está ferida de legitimidade política para estar em funções”, referiu o presidente da distrital em declarações ao Diário As Beiras, salientando ainda que, depois da demissão apresentada por José Carlos Mendes para avançar com uma candidatura à Câmara Municipal pelo movimento de eleitores independentes “Oliveira do Hospital, Sempre”, “deve ser desencadeado um processo de legitimação da comissão política”.

Sublinhando que os membros que compõem a actual comissão política (CP), liderada por Nuno Tavares Pereira, deveriam “ter a nobreza moral para assumirem que não há condições de facto para quem esteve envolvido numa campanha contra o PSD, estar a dirigir o partido”, Machado responsabiliza a CP pelo resultado obtido nas eleições autárquicas e adverte que caso os dirigentes locais do partido não se demitam “a distrital irá accionar os mecanismos que tem à sua disposição”.

Esta notícia surge imediatamente a seguir ao anúncio de que o presidente da concelhia oliveirense se prepara para tomar uma posição pública sobre a actual situação política do partido, já que Nuno Pereira também pede a “cabeça” do líder da distrital.

O presidente da concelhia social-democrata recorda que terá sido o próprio Pedro Machado a afirmar que se demitiria “caso o PSD perdesse as eleições em Oliveira do Hospital”, e atribui a derrota do PSD à opção da distrital em recandidatar Mário Alves a um novo mandato contra a vontade da CP de Oliveira do Hospital.

“A partir do momento em que houver eleições na distrital, estamos disponíveis para fazer eleições na concelhia… nós não estamos agarrados ao poder. Eles é que estão e, por isso, têm que assumir a responsabilidade”, afirmou ao correiodabeiraserra.com Nuno Pereira, depois de ter sido instado por este diário digital a comentar o pedido de demissão feito pela distrital.

LEIA TAMBÉM

SONAE (Ai – Ai …) Ou em como o “ouro” de uns é o nosso prejuízo!

CDU vê aprovado na Assembleia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira voto de protesto contra falta de apoio das autoridades às vítimas dos incêndios

O eleito da CDU na Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e …

Nova liderança da JSD de Oliveira do Hospital quer colocar problemas dos jovens na agenda política local

Virgílio Salvador, de 26 anos, foi eleito no domingo presidente da Juventude Social Democrata de …