Dois incêndios activos em Nelas, depois de extintos os de COIMBRA E GUARDADois incêndios activos em Nelas, depois de extintos os de COIMBRA E GUARDA

Presidentes de Câmara já são arguidos no inquérito aos incêndios de Pedrógão Grande

O ex-presidente da Câmara de Castanheira de Pera Fernando Lopes e o actual presidente da Câmara de Figueiró dos Vinhos disseram hoje que foram constituídos arguidos no inquérito que investiga os incêndios de Pedrógão Grande. “Confirmo que fui constituído arguido”, afirmou Fernando Lopes, numa curta declaração à Lusa reproduzida pelo site notícias ao minuto. Fernando Lopes e Jorge Abreu foram constituídos arguidos esta terça-feira, em Leiria.

Fernando Lopes liderou Castanheira de Pera, o mais pequeno e menos populoso município do distrito de Leiria durante 12 anos, tendo, devido à lei de limitação de mandatos, sido impedido de se recandidatar nas eleições autárquicas de Outubro último.

Também o presidente da Câmara de Figueiró dos Vinhos, Jorge Abreu, confirmou ter sido constituído arguido, adiantando que não falará sobre o assunto até o inquérito estar concluído.

Jorge Abreu foi reeleito em Outubro último para um segundo mandato à frente do município, que, juntamente com Castanheira de Pera e Pedrógão Grande, foi um dos mais afectados pelos incêndios de Junho de 2017.

LEIA TAMBÉM

João Dinis acusa CM de Oliveira do Hospital de “negligência continuada” em estrada municipal

O membro da Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca …

Dois detidos em flagrante em Tábua por cultivo de cannabis

O Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial da Lousã deteve, ontem, dois homens com …