Principal suspeito do sequestro de Lagares da Beira regressa à prisão

Depois de ter sido ontem presente a um interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Oliveira do Hospital (TJOH) que só ficou concluído hoje por volta das 13h00, o arguido, que se encontrava foragido do EP de Coimbra e foi detido, no domingo, na sequência da operação policial desencadeada em Lagares da Beira, regressou novamente à prisão, para cumprir a pena a que havia sido condenado por furto e violação e que foi interrompida por via de uma saída precária sem regresso.

O Juiz do TJOH decretou-lhe como medida de coação a prisão preventiva, que por enquanto não se aplica uma vez que o arguido encontra-se neste momento a cumprir uma pena de prisão efectiva.

De acordo com o que referiu ao corrreiodabeiraserra.com a advogada oficiosa dos arguidos, Maria José Freixinho, o outro suspeito foi reposto em liberdade, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de termo de identidade e residência, e ainda a obrigatoriedade de se apresentar no posto Territorial da GNR de Oliveira do Hospital uma vez por semana.

LEIA TAMBÉM

“O presidente diz que Oliveira está na moda. Adarnela só se for na moda da idade da pedra. Não tem água, nem saneamento”

Quem chega a Adarnela, no concelho de Oliveira do Hospital encontra uma localidade dividida entre …

Cemitério de Nogueira do Cravo vai ser ampliado

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital aprovou na sexta-feira o alargamento do cemitério de …