Projecto do “Estrela Golf Resort” já deu entrada na Câmara Municipal de Seia

Designado por “Estrela Golf Resort”, o empreendimento turístico vai proporcionar na fase de pleno funcionamento – de acordo com a edição online do Porta da Estrela – 600 postos de trabalho directos e três mil indirectos, sendo que só na fase da obra se estima a necessidade de, aproximadamente, 500 postos de trabalho directos e mais de 2500 indirectos.

O projecto prevê a construção de um Golf Hotel & SPA com 200 quartos, dois aldeamentos turísticos, dois aparthotéis com 700 apartamentos, complexo desportivo, campo de treino de golfe, campo de golfe com 18 buracos, três lagos, circuito de manutenção, ciclovia, parque infantil e estacionamento subterrâneo.

Ainda com alguns problemas para ultrapassar – alguns terrenos estão classificados como Reserva Agrícola Nacional e Reserva Ecológica Nacional – o projecto recolhe a confiança do presidente da Câmara Municipal de Seia que acredita na sua celeridade, depois de apresentado à Agência Portuguesa para o Investimento, para que seja classificado como um Projecto de Interesse Nacional.

Apresentado pela empresa “Investimentos Futuros de Seia, Lda”, sedeada em Viseu e que integra capitais espanhóis e portugueses, o “Estrela Golf Resort” ocupará uma área de 95 hectares e destina-se – de acordo com os promotores – a “estrangeiros com potencial económico elevado e, que vêem no turismo do interior e de montanha os requisitos para a saúde e bem-estar”.

Na escolha da localização – a área designa-se por “Jagunda” – os promotores tiveram em atenção o facto de se tratar de um espaço situado nas “faldas da Serra da Estrela”, privilegiado a nível de acessos, com destaque para a nova estrada que vai ser construída e para a proximidade com o aeródromo municipal.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …