Projectos Bioquente e Genes da Serra vencem concurso de Ideias de Negócio de Oliveira do Hospital e Tábua

Os projectos Bioquente e Genes da Serra, ambos de alunos da EPTOLIVA, venceram as finais municipais da terceira edição do Concurso Municipal de Ideias de Negócio 2016 de Oliveira e Tábua. Todos os projectos apresentados foram coordenados pela docente Honorata Pereira, que tem também conquistado vários prémios a nível regional e nacional. A EPTOLIVA vai agora representar os respectivos Concelhos na Final Intermunicipal, onde serão apresentadas todas as ideias vencedoras provenientes dos 19 Municípios que integram a CIM Região de Coimbra.

Em Oliveira do Hospital, a Eptoliva venceu com o projecto “Bioquente”, da autoria do aluno Carlos Quintino (2º ano de Mecatrónica Automóvel). O projecto consiste no aproveitamento dos subprodutos da produção de azeite, da giesta e da resina seca, para criar acendalhas ecológicas. Apesar de não terem conquistado prémios, mereceram ainda  destaque os projectos “Marmita inteligente” do aluno Diogo Ferrão (3º ano de Eletrónica Automação e Comando) e o projecto “Frutiliza-te” da autoria da aluna Marta Trindade (3º ano do curso de Design).

Em Tábua, a Eptoliva conquistou também o 1º prémio, atribuído ao projecto “Genes da Serra”, da autoria de Bruno Paulino (aluno do 2º ano do Curso de Auxiliar de Saúde), que consiste na criação de uma fralda ecológica a partir do subproduto (lã) da ovelha bordaleira. Já o “Meet no Meet”, um plano desenvolvido pela aluna Catarina Costa (2º ano do Curso de Auxiliar de Saúde) que passa pela criação de um substituto da carne e laticínios a partir da farinha de tremoço, conquistou o segundo lugar. Destacou-se ainda, o projecto “Planstifica-te”, apresentado por Cláudia Tavares, Daniela Pinto e Tatiana Gonçalves (alunas do 2º ano do Curso de Auxiliar de Saúde).

“A Direcção tem feito uma aposta clara na diferenciação do ensino que é ministrado na Escola, considerando o empreendedorismo e a inovação, não como um fim, mas como uma base para uma melhor formação científica, técnica e profissional destes alunos. Estes prémios não são mais que o reconhecimento do trabalho diário que professores e alunos têm vindo a realizar e que tanto tem contribuído para o sucesso do projeto educativo da Eptoliva, tornando-a numa escola de referência da Região” referiu o Presidente da ADEPTOLIVA.  Daniel Dinis Costa expressou ainda o seu agradecimento e “irá propor um voto de louvor a todos os alunos e professores participantes”.

LEIA TAMBÉM

CDU apresenta queixa na CNE contra executivo e autarcas do PS oliveirenses por aproveitamento “eleitoralista, ilegítimos e antidemocráticos”

Depois do PSD, a CDU de Oliveira do Hospital enviou também uma queixa à Comissão …

CDU: “Julgamos demasiado sem vergonha utilizar uma inauguração pública para os candidatos de um partido [PS] se promoverem”

O candidato à Assembleia de Freguesia de União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca …