Projectos Bioquente e Genes da Serra vencem concurso de Ideias de Negócio de Oliveira do Hospital e Tábua

Os projectos Bioquente e Genes da Serra, ambos de alunos da EPTOLIVA, venceram as finais municipais da terceira edição do Concurso Municipal de Ideias de Negócio 2016 de Oliveira e Tábua. Todos os projectos apresentados foram coordenados pela docente Honorata Pereira, que tem também conquistado vários prémios a nível regional e nacional. A EPTOLIVA vai agora representar os respectivos Concelhos na Final Intermunicipal, onde serão apresentadas todas as ideias vencedoras provenientes dos 19 Municípios que integram a CIM Região de Coimbra.

Em Oliveira do Hospital, a Eptoliva venceu com o projecto “Bioquente”, da autoria do aluno Carlos Quintino (2º ano de Mecatrónica Automóvel). O projecto consiste no aproveitamento dos subprodutos da produção de azeite, da giesta e da resina seca, para criar acendalhas ecológicas. Apesar de não terem conquistado prémios, mereceram ainda  destaque os projectos “Marmita inteligente” do aluno Diogo Ferrão (3º ano de Eletrónica Automação e Comando) e o projecto “Frutiliza-te” da autoria da aluna Marta Trindade (3º ano do curso de Design).

Em Tábua, a Eptoliva conquistou também o 1º prémio, atribuído ao projecto “Genes da Serra”, da autoria de Bruno Paulino (aluno do 2º ano do Curso de Auxiliar de Saúde), que consiste na criação de uma fralda ecológica a partir do subproduto (lã) da ovelha bordaleira. Já o “Meet no Meet”, um plano desenvolvido pela aluna Catarina Costa (2º ano do Curso de Auxiliar de Saúde) que passa pela criação de um substituto da carne e laticínios a partir da farinha de tremoço, conquistou o segundo lugar. Destacou-se ainda, o projecto “Planstifica-te”, apresentado por Cláudia Tavares, Daniela Pinto e Tatiana Gonçalves (alunas do 2º ano do Curso de Auxiliar de Saúde).

“A Direcção tem feito uma aposta clara na diferenciação do ensino que é ministrado na Escola, considerando o empreendedorismo e a inovação, não como um fim, mas como uma base para uma melhor formação científica, técnica e profissional destes alunos. Estes prémios não são mais que o reconhecimento do trabalho diário que professores e alunos têm vindo a realizar e que tanto tem contribuído para o sucesso do projeto educativo da Eptoliva, tornando-a numa escola de referência da Região” referiu o Presidente da ADEPTOLIVA.  Daniel Dinis Costa expressou ainda o seu agradecimento e “irá propor um voto de louvor a todos os alunos e professores participantes”.

LEIA TAMBÉM

tractor

Vítima de acidente com tractor em Oliveira do Hospital faleceu no Hospital de Seia

Um homem que ficou gravemente ferido num acidente com um tractor agrícola em Oliveira do Hospital …

“CORO” DA HEGEMONIA PS NA CÂMARA E NA ASSEMBLEIA MUNICIPAL ACTUOU DURANTE A EDIÇÃO 2018 DA EXPOH – OLIVEIRA DO HOSPITAL. Autor: João Dinis

Escrevo este “opinião” a 30 de Julho de 2018. Ontem à noite, fui a Oliveira …