Subida de temperatura e risco elevado de incêndios no interior nos próximos dias

Protecção Civil alerta para risco de incêndios florestais devido ao calor

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) alertou hoje para o risco de incêndios florestais devido ao aumento da temperatura. ANPC adianta que está prevista, a partir de sábado, uma subida gradual da temperatura máxima, atingindo valores entre 30 e 35 graus em todo o pais na segunda-feira.

“Atendendo à situação meteorológica, é expectável que o risco de incêndio atinja valores máximos a extremos, para os distritos a sul do Tejo, apontando para um aumento das dificuldades de supressão”, refere a Protecção Civil.

A ANPC refere que, nos locais onde o índice de risco de incêndio é superior ao nível elevado, não é permitido realizar queimadas nem fogueiras, queimar matos cortados e amontoados, lançar foguetes e fumar ou fazer lume nos espaços florestais, nem pode ser feita a utilização de equipamentos de queima e de combustão.

A Protecção Civil recomenda ainda à população para que tome os comportamentos adequados face à situação de perigo de incêndio florestal, nomeadamente com a adopção das necessárias medidas de prevenção e precaução. Esta autoridade admite ainda que os grupos populacionais mais vulneráveis, como idosos, crianças, sem-abrigo e doentes do foro cardiorrespiratório, sejam afectados pelo calor.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …