Chuva e trovoada regressam este fim-de-semana

Protecção Civil emite aviso à população devido ao mau tempo

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) emitiu hoje um aviso à população devido à chuva, queda de neve, vento e agitação marítima até sábado ao final da tarde. O aviso surge após a reunião realizada hoje com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da ANPC.

A ANPC refere, em comunicado, que o vento, precipitação e agitação marítima serão mas intensos entre o final da tarde de hoje e o fim do dia de sábado. Sublinha também que, a partir do fim do dia de sábado, vai registar-se uma diminuição gradual da intensidade do vento e da precipitação, mas com “uma diminuição significativa dos valores da temperatura relativamente ao normal para a época”. Conta ainda que é expectável a queda de neve nas regiões do Gerês, Marão, Montesinho, Montemuro e Estrela, com cota a variar entre os 800 e mil metros.

Face às previsões meteorológicas, a ANPC alerta para o piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água ou acumulação de neve ou gelo, possibilidade de cheias rápidas em meio urbano e de inundações, acidentes e danos em estruturas junto à orla costeira, intoxicações por inalações de gases e incêndios em casas. Na nota, a Protecção Civil refere que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adopção de comportamentos adequados.

Recomenda, por isso, a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, a adopção de uma condução defensiva através da redução da velocidade, não praticar actividades relacionadas com o mar e ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira.

LEIA TAMBÉM

AVMISP avisa, após reunião Marcelo Rebelo de Sousa, que falta de apoios pode levar empresas afectadas pelos incêndios a encerrar

A Associação das Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) lamentou hoje, na …

Ano de 2017 foi o melhor de sempre para o turismo no Centro de Portugal

O ano de 2017 foi o melhor de sempre para a atividade turística no Centro …