Próximo ano lectivo arranca entre 15 e 21 de Setembro

Governo enviou ontem para publicação em Diário da República o diploma do calendário escolar para 2015-2016. O arranque do ano lectivo tem início previsto entre 15 e 21 de Setembro, cabendo às escolas a decisão sobre qual será o primeiro dia de aulas.

“Procurou-se com este calendário equilibrar a duração dos três períodos lectivos”, lê-se num comunicado do Ministério da Educação e Ciência, para justificar o calendário do próximo ano escolar, e que vai no mesmo sentido do que já havia sido afirmado pelo ministro da Educação Nuno Crato, que recusou qualquer adiamento para “disfarçar trapalhadas [na colocação de professores] em ano eleitoral”, como afirmaram os sindicatos.

As provas finais do 4.º e 6.º anos voltam a estar marcadas para o final do mês de Maio, apesar dos protestos dos directores escolares, que entendem que estas datas afectam o decurso normal do terceiro período e o normal funcionamento das aulas. As provas finais do 9.º ano decorrem, na primeira fase, entre 15 e 21 de Junho. A primeira fase dos exames nacionais do ensino secundário inicia-se a 15 de Junho e termina a 27 de Junho.

O diploma de regulamentação do calendário escolar, que seguiu hoje para publicação, é apontado pelo ME como “um documento indispensável à planificação das actividades a desenvolver por cada escola e à organização da vida familiar de cada aluno”.

LEIA TAMBÉM

Cinco mortos e 18 feridos graves nas estradas portuguesas no período de “Todos os Santos”

A Guarda Nacional Republicana, entre os dias 31 de Outubro e 4 de Novembro, registou …

Polícia Judiciária deteve mulher que tentava introduzir haxixe na prisão de Coimbra

PJ desmantelou associação criminosa que traficava pessoas da zona Centro para Espanha

A Polícia Judiciária, numa acção conjunta com a Guarda Civil espanhola, desmantelou uma associação criminosa …