PS de Arganil critica o modo como a Câmara e a EP encerraram a Ponte dos Poços

A Comissão Política Concelhia de Arganil do Partido Socialista associa-se ao “descontentamento da população sobre a forma pouco correta como foi conduzida a decisão de encerramento da ponte dos Poços, na EN 342”.

Em comunicado enviado ao correiodabeiraserra.com, a CPC socialista reconhece a necessidade e a urgência das obras de que está a ser alvo a Ponte dos Poços. “No entanto, a divulgação do seu encerramento, durante 21 dias consecutivos, merecia um aviso atempado e recomendações alternativas que minimizassem os transtornos causados a quem diariamente e/ou unicamente utiliza aquela via”, entende aquele estrutura partidária.

Para os socialistas, a forma e o método encontrados pela Câmara Municipal de Arganil, empresa
AFIM e Estradas de Portugal para a realização do anúncio da decisão de encerramento
da ponte “é censurável”, uma vez que o conhecimento da medida se processou “de forma
tardia e exclusivamente através do sítio electrónico da Câmara Municipal de Arganil,
nos quatro dias que antecederam o enceramento”.

“Teria sido conveniente e oportuno a existência de um debate antecipado e elucidativo,
com a participação dos cidadãos, na procura de alternativas que pudessem minorar os
transtornos causados pelo encerramento da ponte”, sustenta a concelhia do PS de Arganil.

Dada a existência de “outros graves problemas na EN 342, em rápida, contínua e profunda
degradação” que exigem igualmente “uma intervenção urgente”, o PS de Arganil reivindica à Estradas de Portugal e à Câmara Municipal de Arganil uma extensão das obras ao restante traçado da EN 342 situado entre Arganil e Côja.

LEIA TAMBÉM

ANCOSE ajuda a salvar queijo Serra da Estrela com reforço dos rebanhos

A Associação Nacional de Criadores de Ovinos Serra da Estrela (ANCOSE) reforçou os rebanhos dos …

Autarcas avançam para tribunal para travar fecho dos CTT nas Beiras e Serra da Estrela

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) anunciou hoje que vai avançar …