PS de Oliveira do Hospital debate “Reforma da Administração Local”

 

As incertezas e preocupações em torno da aplicação da Reforma Administrativa, defendida pelo governo, levou o Partido Socialista de Oliveira do Hospital à organização do fórum “Freguesias com Futuro”.

Em jeito de mesa redonda, o encontro dos socialistas, que se realiza dia 15 de outubro, pelas 17h00 no edifício social de Alvôco de Várzeas, no âmbito das ações do fórum “Oliveira do Hospital tem Futuro”, pretende “analisar, debater e tomar posições alargadas” sobre a proposta do governo e critérios previstos no designado “Documento Verde”, em particular no que diz respeito ao futuro das freguesias.

Aberto à participação de autarcas de todos os partidos e movimentos de cidadãos, o debate será lançado após a análise de um painel de oradores, composto pelo especialista em Planeamento Regional e Ordenamento do Território, António Rochette, vice presidente da ANAFRE (Associação Nacional de Freguesias), vereador da Câmara Municipal de Arganil, Miguel Ventura, presidente da Federação de Coimbra do PS, o deputado Mário Ruivo, e vários autarcas do concelho e da Região.

Para o presidente da Comissão Política Concelhia do PS, José Francisco Rolo, trata-se de um debate de “manifesto interesse coletivo”.

Note-se que em causa está a intenção do governo, de extinguir e aglomerar freguesias que, no que respeita ao número de habitantes, não cumpram aos critérios definidos pelo “Documento Verde da Reforma da Administração Local”.

Um assunto que está longe de ficar clarificado e que, a nível concelhio já motivou uma onda de preocupação junto dos autarcas que vêem a continuidade das respetivas freguesias ameaçada.

Tratando-se de um município de tipologia 3, com menos de 100 habitantes por quilómetro quadrado, Oliveira do Hospital divide-se em Áreas Maioritariamente Urbanas (AMU), com um mínimo de mil habitantes por freguesia e Áreas Predominantemente Urbanas (APU), com um mínimo de 500 habitantes por freguesia. Tomando por base estes critérios, fora das freguesias AMU encontram-se Bobadela (748), Ervedal da Beira (929), Lagos da Beira (783) e Lajeosa (553). E fora das APU, encontram-se as freguesias de S. Sebastião da Feira (197), Alvôco das Várzeas (302), Vila Pouca da Beira (354), São Gião (429) e Vila Franca da Beira (465).

LEIA TAMBÉM

SONAE (Ai – Ai …) Ou em como o “ouro” de uns é o nosso prejuízo!

CDU vê aprovado na Assembleia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira voto de protesto contra falta de apoio das autoridades às vítimas dos incêndios

O eleito da CDU na Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e …

Nova liderança da JSD de Oliveira do Hospital quer colocar problemas dos jovens na agenda política local

Virgílio Salvador, de 26 anos, foi eleito no domingo presidente da Juventude Social Democrata de …