PSA anuncia produção de carros de lazer na fábrica de Mangualde

Depois de ameaçar encerrar a produção em Portugal, o grupo francês PSA aumenta a pressão ao anunciar, na sua página oficial, que três novos três novos veículos de lazer (LAV, na sigla inglesa) da Peugeot, Citroën e Opel vão ser produzidos no pólo ibérico do grupo PSA, que integra a fábrica de Mangualde e que parte da produção vai passar pela fábrica portuguesa. Este anúncio surge depois do grupo francês ter avisado que a fábrica de Mangualde corre o risco de encerrar se em cinco meses as regras de classificação de portagem em Portugal não forem alteradas.

Os novos veículos só serão revelados pela Peugeot, Citroën e Opel/Vauxhall nos próximos dias, estando disponíveis em versões de cinco e sete lugares. Os mesmos “serão produzidos nas instalações de Vigo (Espanha) e Mangualde (Portugal)”, que constituem o pólo ibérico do grupo liderado por Carlos Tavares.

A PSA explica ainda, em comunicado, que foi instalada uma “plataforma inovadora”, derivada da EMP2, para tornar possível a produção nas duas fábricas. Como já tinha sido anunciado, será também criado, a partir de Abril, um terceiro turno em Mangualde, para fazer face ao aumento da produção.

O vice-presidente Executivo de Programas e Estratégia, Olivier Bourges, sublinha que com esta nova linha competitiva, o grupo vai oferecer aos clientes individuais uma nova geração de LAVs que se destacarão em termos de estilo e recursos. “Também é uma ilustração concreta do nosso plano Push-Pass: em uma única plataforma, estamos apresentando modelos muito distintos que incorporam perfeitamente o DNA de cada uma de nossas marcas “, sublinhou.

LEIA TAMBÉM

Incêndios destruíram mais 500 hectares em Seia

Portugal em risco de incêndios iguais ou piores aos de 2017 avisam especialistas americanos

O risco de incêndios catastróficos iguais ou piores aos de 2017 é real e tem …

Combustíveis sobem na segunda-feira pela quinta semana consecutiva e batem recorde do ano

Os combustíveis deverão voltar a subir na próxima segunda-feira. Será a quinta semana consecutivo a …