PSD avança com recurso junto do Tribunal Constitucional

O que já se sabia desde a semana passada foi, hoje, confirmado ao presidente do PSD de Oliveira do Hospital. Através de carta registada, José Carlos Mendes viu recusado o pedido de impugnação da candidatura de Mário Alves à Câmara Municipal imposta pela Comissão Política Distrital e homologada pela estrutura Nacional do PSD.

Decidido em repor a legalidade e a exigir o cumprimento dos estatutos do partido, José Carlos Mendes conta ainda esta semana apresentar recurso junto do Tribunal Constitucional.

“Achamos que temos razão. Vamos ver o que é o processo vai dar”, referiu há instantes ao correiodabeiraserra.com, confiante de que “a legalidade vai ser reposta”.

Numa altura em que se movimentam os vários quadrantes políticos na elaboração das listas para as próximas autárquicas, o líder do PSD não consegue prever o momento em que o processo será dado por concluído. “Não está na minha mão. Vai depender da celeridade que o Tribunal Constitucional vai dar a este processo”, referiu, sublinhando contudo que o assunto deverá ser tratado sem demora pelo TC.

Confrontado por este diário digital se, perante um cenário de decisão desfavorável à estrutura local do partido, estará disposto a enveredar por uma lista de independentes à Câmara Municipal, Mendes escusou-se a considerações, referindo apenas que ainda não colocou essa questão a si próprio, nem à Comissão Política.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …