PSD de Oliveira do Hospital acusa executivo da Câmara de ter despesas excessivas “para sustentar a clientela política do PS”

A Comissão Politica de Secção do PSD de Oliveira do Hospital criticou hoje, em comunicado, a governação Câmara Municipal por parte da equipa liderada por José Carlos Alexandrino. Os sociais-democratas acusam o executivo de continuar a marcar o seu mandato “pela ausência de uma estratégia de crescimento para o concelho” e de apostar “excessivamente” nos “eventos festivos em desfavor de verdadeira política de atracção de investimento sustentável que seja criadora de emprego e de riqueza”. A missiva, que divulga as conclusões de uma assembleia daquela estrutura concelhia, que contou com a participação da Comissão Política Distrital de Coimbra, acusa ainda o município oliveirense de gastar demasiado apenas para “sustentar a clientela política do PS”.

Oliveira do Hospital, continua o comunicado, mantém-se “à espera da concretização de diversas promessas eleitorais como o investimento de milhões de euros, por parte de empresários, que resultariam na criação de centenas de empregos”, apontando de seguida, a título de exemplo, a falta de investimento e de aposta no turismo. “Torna-se patente na ausência de uma unidade hoteleira na cidade de Oliveira do Hospital”, referem, acusando a autarquia de apenas levantar problemas a quem quer investir. “Lamentavelmente, a Câmara Municipal é vista por potenciais investidores nesta área como um agente que cria obstáculos e não como um agente facilitador”, frisam.

Os sociais-democratas apontam depois o que classificam como despesas desnecessários da autarquia, apontando como exemplo o número excessivo de vereadores. Referem igualmente que seria de evitar “algumas prestações de serviços e os apoios à BLC3”, uma vez que, no entender da estrutura liderada por Nuno Vilafanha, não têm conseguido para “o concelho de Oliveira do Hospital qualquer retorno financeiro”. “Trata-se de um sorvedouro de financiamento público que serve somente para sustentar a clientela política do PS”, acusam, sublinhando que aquilo que classificam como “política despesista” foi em parte a responsável pelo “injusto e excessivo aumento da água para o consumidor”.

Se houvesse um maior rigor na gestão do município e contenção na despesa, dizem os sociais-democratas, “não teria sido necessário aplicar a taxa máxima de IRS a 5 por cento, como teria sido possível baixar o valor do IMI contribuindo para um pequeno alívio dos Oliveirenses. “A Saúde e a Justiça são outros dois exemplos da falta de estratégia e de habilidade negocial deste executivo municipal. No primeiro caso há uma clara falta de respostas por parte da Câmara Municipal à ausência dramática de médicos no concelho. No segundo, denota-se uma total incapacidade negocial que tivesse permitido manter o Tribunal Judicial de Oliveira do Hospital com todos os serviços necessários”, rematam.

LEIA TAMBÉM

CNE dá provimento a denúncias do PSD e pede explicações a José Carlos Alexandrino sob alegadas práticas que violam lei eleitoral

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) deu provimento a uma queixa apresentada pela concelhia do …

Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Mulher morreu hoje em Oliveira do Hospital vítima de atropelamento na EN17 junto ao Lidl

Uma mulher, com 60 anos, morreu ao final da manhã de hoje na sequência de …

  • lata

    Que cromo! Só te faltou dizer que é o governo PSD que junta as escolas criando o ensino em massa e de difícil controlo e apoio, é esse governo que termina com freguesias, termina com tribunais, instala o caos na saúde , diz que “devemos ter acesso a saude mas nao a qualquer preco”, promove a falta de médicos. Esse mesmo governo que não olha para o interior e que investe tanto que manda os jovens emigrar e agora, a pensar nas eleições, lança o “VEM”. Eu diria VAI E NAO VOLTES! E já agora, tanta austeridade e como estão as contas do país? Por último diz lá ao teu colega para dizer ao pai que abra o hotel! É preciso ter lata!

  • Politicalex

    Ó “lata”: Pela conversa deves estar a pensar numa solução tipo governo banca rota como o anterior..? Será que alguém bem formado, honesto, e com dois dedos de testa pode, sequer pensar, em tal solução..? Já “comemos” que chegue, obrigado…

  • Politicalex

    Regista-se o reaparecimento do PSD…Esta vinda da Distrital e as eleições parece que trouxeram um tónico…E quanto a Alex,vamos continuar a apostar no governo de “proximidade”,para ver se cai alguma coisa, ou vamos fazer o que deve ser feito..?Já descobriram quanto foi a dívida do Mário Alves e quanto é que andam a embolsar com a água?

  • Oposição

    Depois de tanto tempo, eis que surge o “comunicado”. E bom.
    Daqui, os parabéns pela excelência do documento.
    Valha-nos Deus. Com esta oposição, o Alex não precisa de se chatear, pode continuar a aldrabar à vontade.