“PSD de Oliveira do Hospital não apresenta candidatos às autárquicas de 11 de Outubro”

Completamente à margem do processo autárquico que está a ser gerido pela recandidatura de Mário Alves, a Comissão Política de Secção já anunciou que o “PSD de Oliveira do Hospital não apresenta candidatos às autárquicas de 11 de Outubro”.

Isto mesmo foi referido, há instantes, pelo presidente Nuno Pereira, que disse ainda não ter recebido qualquer parecer conclusivo do Tribunal Constitucional, que se encontra, desde o final de Junho, a analisar o conturbado processo de recandidatura de Mário Alves, apoiada pelas estruturas distrital e nacional, mas à revelia da Comissão Política Concelhia.

“Nem dizem que sim, nem dizem que não”, referiu ao correiodabeiraserra.com, informando ter recebido uma comunicação do Tribunal Constitucional, que peca pela falta de decisões concretas.

Quando está à vista a data limite para apresentação das listas, Nuno Pereira diz não ter outra alternativa que não seja a de não avançar com candidaturas aos órgãos autárquicos.

Lamentando a demora de uma decisão final por parte do Tribunal Constitucional e que inviabiliza a actuação do PSD local no processo autárquico, Nuno Pereira verifica que “mais uma vez não se fez justiça”.

“Isto só vem mostrar que o PSD nacional quer mandar na província e no concelho”, desabafou o dirigente partidário, na certeza de que “isto não deveria acontecer”, porque “apesar de haver órgãos locais eleitos, na hora das eleições, eles (os dirigentes distritais e nacionais) é que escolhem o que querem”.

Faltam oliveirenses na lista de candidatos a deputados

Para além do processo autárquico, também o legislativo está a causar insatisfação no seio do PSD de Oliveira do Hospital. Nuno Pereira não compreende como é que a lista de candidatos a deputados pelo círculo eleitoral de Coimbra, liderada por Paulo Mota Pinto, não tem um único elemento dos concelhos de Oliveira do Hospital e Tábua.

“Coimbra esquece completamente o interior do distrito”, verificou Nuno Pereira, garantindo nunca ter sido contactado pela distrital acerca do processo legislativo.

Em face de uma realidade que adjectiva de “vergonhosa”, Pereira não tem dúvidas quanto à resposta que será dada pelos eleitores no próximo dia 27 de Setembro. “As pessoas não vão votar em quem não conhecem”, frisou.

LEIA TAMBÉM

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …