PSD: Derrota do PS nas principais localidades e freguesias é “um claro cartão amarelo ao executivo socialista concelhio”

Em comunicado enviado ao correiodabeiraserra.com, o PSD de Oliveira do Hospital considera que “os resultados eleitorais obtidos em Oliveira do Hospital deixaram transparecer aquilo que é o sentimento generalizado dos oliveirenses, ou seja, que continuam a depositar confiança e esperança na liderança do Partido Social Democrata”.

Em particular o presidente da Comissão Política de Secção do PSD, Nuno Vilafanha, realça o facto de o Partido Socialista ter perdido “nas principais localidades e freguesias do concelho de Oliveira do Hospital, sendo este resultado um claro cartão amarelo ao executivo socialista concelhio, fazendo realçar o esforço e o empenho que o PSD de Oliveira do Hospital tem vindo a demonstrar em prol de todos os Oliveirenses, e por isso em proveito do nosso concelho”

Para a secção laranja de Oliveira do Hospital “esta inversão da tendência de voto é também fruto do trabalho desenvolvido pela atual Comissão Política do PSD de Oliveira do Hospital, a qual trouxe ar fresco e um sinal claro de mudança na política democrática de Oliveira do Hospital”.

“Esta nova forma de fazer e estar na política não passou despercebida aos oliveirenses, a qual se tem vindo a pautar por uma nova atitude, uma maior abertura à comunidade e sobretudo demonstrando ter uma liderança forte e ativa, capaz de identificar e apontar soluções válidas e eficazes para os problemas que afetam a nossa comunidade”, acrescenta Nuno Vilafanha, fazendo ainda notar que “esta política é desenvolvida em prol da melhoria do bem-estar de todos os Oliveirenses, estando por isso aberta ao contributo e opinião de quem nela desejar participar”

Apesar de o PSD ter sido a segunda força mais votada no concelho no âmbito das eleições europeias, a CPS social-democrata informa que o resultado obtido “dá-nos alento e força para continuarmos o nosso caminho”. “Temos a firme convicção, e por isso prometemos continuar a lutar, que o futuro do concelho de Oliveira do Hospital se voltará a erguer e a ser próspero sob a bandeira da social- democracia”, remata Nuno Vilafanha.

LEIA TAMBÉM

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …

  • Envergonhado com isto

    Não tens vergonha de vir cantar vitória quando foste derrotado?
    Qual ar fresco? Só se foi este que veio agora da Serra.
    Inversão na tendência de voto? Perder? Ah, perder por menos. Invertes a tendência relativamente ao teu sogro, que perde por muitos e muitos. És mesmo um pobre. Tem vergonha e cala-te, não cantes vitória com uma derrota destas.
    Segundo o que o teu mano diz,”O trabalho que se tem feito no escuro começou a dar frutos…….”??? Os frutos são estas derrotas que chamas vitorias???
    Agora que estávamos tão bem a ouvir ouvir os dislates do (in)Seguro, vens tu com esta reportagem. Pior do que ele. Que vergonha.

    Tem juízo, e vai-te embora.

  • Caro Dr. Vilafanha,

    É com enorme prazer que leio os comunicados da CPC-PSD.

    Vou ter o cuidado de enviar cópia desta pérola literária aos Órgãos Nacionais do PSD.

    Ora então vamos lá por partes:

    “Os Oliveirenses continuam a depositar confiança e esperança na liderança do Partido Social Democrata”.
    Sendo este um concelho tradicionalmente laranja, o facto de ficar em segundo lugar, apenas com 35% dos votos, ser motivo de regozijo por parte da CPC é, no mínimo, peculiar. Para que conste em 2009 o PSD obteve cerca de 45% do eleitorado.

    “O resultado um claro cartão amarelo ao executivo socialista concelhio”.
    Ora, se para os dirigentes nacionais do PSD e CDS consideram que “o resultado da coligação não foi o plebiscito ao governo que os adversários vaticinavam”, como é que vem o líder da concelhia associar esses mesmos resultados à ação autárquica?

    “Esta nova forma de fazer e estar na política (…) tem vindo a pautar por uma nova atitude, uma maior abertura à comunidade”.
    Desconheço em absoluto qualquer ação prática de abertura à comunidade. Será que alguém é capaz de indicar um só exemplo que seja?

    • Padre de Covas

      Segundo o irmão, é o resultado de acções que começam agora a frutificar, e que foram executadas no escuro.
      Esta malta trabalha na calada da noite, a coberto de maus olhares.
      Efectivamente, ainda não fizeram nada, para além de servirem de moços de recados do Lagos.
      Veja lá, se esse vem dizer estas asneiras.

  • Ditador

    Muito bem Rui. Para quem sem pre perdeu, é uma questão de hábito..

  • Guerra Junqueiro

    É com muita mágoa que assisto a estas declarações que o presidente da CPC do PSD de OH comunicou ao público, pois mais parecem um grito de ajuda de quem se está a afogar no lodaçal que criou, do que uma mensagem de alento para os PSD’s que não o conhecem, não o levam a sério, nem lhe dão crédito.
    Como ninguém o ouve, agarrou-se a uma liana de silvas para sair do seu pantanal pseudo-social-democrata.
    Sobrevive com feridas por todo o corpo que acelerarão o cancro fatal com que já
    nasceu. Pois desde que ganhou a Comissão Politica com os votos dos empregados
    do presidente da Assembleia, sendo estes, tal como ele maioritariamente de Tábua, que se sabe que vai morrer cedo, sem nada ter contribuído em abono do PSD concelhio, antes pelo contrário, está a condená-lo ao degredo por mais uns anos.
    Ainda não deu conta que está a contribuir para o aparecimento de um Movimento Independente maioritariamente composto por verdadeiros Sociais-democratas Oliveirenses que sem quererem podem remeter o PSD para 3ª ou mesmo 4ª força politica local. A ver vamos, como dizem os cegos.

    Aproveitando para analisar o comunicado, que já foi referenciado como “Pérola Literária”;

    Comecemos pelo 1º parágrafo que é sem dúvida um “Hino ao romance poético”:

    “Os resultados eleitorais obtidos em Oliveira do
    Hospital deixaram transparecer aquilo que é o sentimento generalizado dos
    Oliveirenses, ou seja, que continuam a depositar confiança e esperança na
    liderança do Partido Social Democrata.”

    Para uma liderança que só conseguiu arranjar elementos para as mesas de voto, pedindo ajuda ao CDS, pois os PSD’s mandaram-nos aos tremoços, foi um depositar de confiança nunca visto. Nem a pagar quiseram ir.

    O 2º parágrafo é para mijar a rir:

    “A este propósito, importa realçar que o Partido Socialista perdeu nas
    principais localidades e freguesias do concelho de Oliveira do Hospital, sendo
    este resultado um claro cartão amarelo ao executivo socialista concelhio,
    fazendo realçar o esforço e o empenho que o PSD de Oliveira do Hospital tem
    vindo a demonstrar em prol de todos os Oliveirenses, e por isso em proveito do
    nosso concelho.”

    Será que não tinham lá os resultados de 2009 para poderem comparar? Que envolvimento teve o executivo socialista neste sufrágio? Tem alguma coisa a ver com a Câmara? Mais, que envolvimento teve a CPC do PSD nestas eleições? Esses sim deviam ter tido!

    O 3º, por favor tentem ler até ao fim, é demais:

    “Esta inversão da tendência de voto é também fruto do trabalho
    desenvolvido pela atual Comissão Política do PSD de Oliveira do Hospital, a
    qual trouxe ar fresco e um sinal claro de mudança na política democrática de
    Oliveira do Hospital.”

    Qual inversão? Em 2009 o PSD ganhou e em 2014 perdeu. É esta inversão o sinal claro da mudança? Obrigado, não queremos. Queremos ganhar.

    O 4º, o quarto é uma ode à insanidade mental, aqui vai:

    “Esta nova forma de fazer e estar na política não passou desapercebida
    aos Oliveirenses, a qual se tem vindo a pautar por uma nova atitude, uma maior
    abertura à comunidade e sobretudo demonstrando ter uma liderança forte e ativa,
    capaz de identificar e apontar soluções válidas e eficazes para os problemas
    que afetam a nossa comunidade.”

    Os Oliveirenses estão de facto conhecedores, e sintonizadíssimos com esta nova forma de fazer e estar na política, perguntando apenas “Qual é”??? Nunca viram??? Deve ser secreta e feita no escuro, pois não se dá conta.
    Parece que se pauta por uma nova atitude, que é uma maior abertura à comunidade. O que fizeram? Deram uma chave da porta da sede a cada eleitor do concelho? Mas a fechadura deve estar estragada, pois está sempre fechada e vazia.
    Resta pois perguntar, quais são as soluções válidas e eficazes para os nossos problemas? Onde estão tais soluções??? Nunca se viram??? Sumiram-se??? Não são essas soluções que mostram uma liderança forte e activa??? Então??? Valha-nos Deus. O PS de OH já deve ter ido a Fátima por umas velinhas depois deste comunicado.

    Apertem a barriga, que vai aqui o 5º parágrafo:

    “Esta política é desenvolvida em prol da melhoria do bem-estar de todos
    os Oliveirenses, estando por isso aberta ao contributo e opinião de quem nela
    desejar participar.”

    Acham então que por ler isto as pessoas sentem-se melhor, porque politica não se conhece.
    Têm mais e melhores resultados, a nível do bem-estar, aproveitando a participação da comunidade, transformando as instalações num salão de reiki e yoga. Acredito que aumentava o parco número de participantes. Pensem nisso.

    Não precisam de cócegas para se rirem do 6º:

    “Uma coisa é certa, trata-se de uma política que a todos soube, sabe e saberá acolher.”

    Muito bem, soube acolher zero, sabe acolher zero, e saberá acolher zero.
    Porque não vão fazer campanha com o Tózero? Nem ele vos lá quer.

    E por fim, mas não menos importante, o 7º:

    “O resultado obtido em Oliveira do Hospital dá-nos alento e força para continuarmos o nosso caminho. Temos a firme convicção, e por isso prometemos continuar a lutar, que o futuro do concelho de Oliveira do Hospital se voltará a erguer e a ser próspero sob a bandeira da social-democracia.”

    O vosso caminho está visto e traçado. É parado ou a recuar. Basta olhar para os resultados.
    Não continuem a lutar, pois só têm levado no corpo. Nem de pancada estão fartos.
    Para o concelho se erguer prosperamente sob a bandeira do PSD, vocês têm que fugir para longe, caso contrário ergue-se sob outra égide.

    Vão para longe, pois fazem tanta falta ao concelho, como uma viola num enterro.

    Cumprimentos
    Guerra Junqueiro

  • Querido Sogro

    – Mas porque mandaste esse comunicado cá para fora sem eu o ver?
    – Bem sabes que não tens nada dentro dessa cabeça. Não podes tomar decisões sem o meu aval. Quantas vezes tenho que to dizer?
    – Está tudo mal, bem podias limpar o cu aquilo. Estou farto de te dizer, que tens que tratar os socialistas por “seres menores”. Nunca aprendes, é mal de família.
    – E o teu irmão? Quantas vezes alertei para não o deixares comentar? Quantas? Queres entregar o ouro ao bandido? Não sabes que cada letra que ele tecla, é uma facada que te dá. Não chega mutilares-te com estes comunicados, ainda precisas destas ajudas para te enterrarem?
    – Passo o dia a dizer-te para te deixares de pensar, pois a tua acefalidade não permite que faças tarefas para além de dares banho e passeares a cadela, mas é o mesmo que nada.
    – Ai meu Deus, com quem casei a minha filha. A mãe nunca me perdoará.

  • zé da silva

    Esta não vitória laranjinha como cartão amarelo ao executivo camarário não pode significar, em termos nacionais, que a não vitória socialista é cartão amarelo ao governo? Ai não? Pois. Agora estou a reparar que mais de 60% dos oliveirenses se esteve completamente nas tintas para os laranjinhas e para os socialistas, pelo que não consigo perceber o que é que os políticos todos, a começar pelos locais e a acabar nos nacionais, ainda não perceberam.

  • Estes dão liberdade de voto

    Comunicado
    Em reunião realizada hoje pela Cps do Psd de Oliveira do Hospital e após ouvidos os dois candidatos à Distrital do Psd de Coimbra, deliberou o seguinte:
    A Cps do Psd de Oliveira do Hospital irá dar liberdade de voto aos militantes.
    A Cps do Psd de Oliveira do Hospital irá integrar a lista do candidato Maurício Marques.
    A Cps do Psd de Oliveira do Hospital deliberou também congratular todos os candidatos que têm contactado a mesma pela elevada postura e pela excelente qualidade apresentada.
    Saudações Social Democratas

    • Ás claras

      Dão Liberdade? Antes não havia Liberdade?
      Quer então dizer, que o Nuno fertaper, que pôs muitos dos seus empregados a votar para ganhar a CPC de Oliveira, apoia o Maurício, para que este o coloque num lugar elegível para deputado nas próximas legislativas? Este Maurício, que foi empregado na MRG e fartou-se de fazer obras com o ferta pai. Este Maurício que foi presidente de má memória da CM de Penacova, agora deputado da assembleia da republica, e que só o volta a ser caso vença a distrital de Coimbra para se auto propor, pois os sociais democratas sabem que ele faltou a grande parte das votações pertinentes como a do casamento gay e da adopção de crianças por casais gay.
      Vão apoiar este Maurício??? Fazem bem. Tudo farinha do mesmo saco.
      Eu vou votar no outro.

    • Há liberdade ou não?

      Perdemos a liberdade de voto?
      Então não iam dar liberdade de voto?
      É pá! Decidam-se.

  • Pastor da IURD

    Sr. Presidente, Dr. Vilafanha.
    Tomamos conhecimento que têm dificuldade em manter a sede do partido ocupada. Na realidade está sempre fechada e ás moscas, como tal, gostaríamos de contribuir ajudando a pagar as despesas, e ao mesmo tempo dar um pouco de vida a essa casa.
    Como é do vosso conhecimento, a nossa augusta igreja, não tem qualquer templo na região, tendo os fieis que se dirigirem a outras localidades, atravessando graves dificuldades para virem connosco orar e contemplar-nos com a décima parte do que arduamente granjeiam. Como tal, gostaríamos de saber, quanto custaria o aluguer da casa para lá efectuarmos as missas matinais das quintas e sábados. seriam pois, duas manhãs por semana, em que encontraríamos a casa limpa e asseada tal como a deixaríamos.
    Vejam então essa possibilidade, assim como o preço do aluguer, tendo em consideração, que muito rezaremos para que consigam fazer melhor figura da que neste momento auferem.

    Sem mais de momento,
    O Pastor principal da região centro
    (IURD)

  • Zé Caneco

    Dr. Vilafanha, Sr. Presiente;

    Se realmente estão a pensar num negócio tipo “time-sharing” para as vossas instalações. Nós os “alcoólicos semi-anónimos” (aqui, sabe-se tudo), também estamos na corrida, pois a localização como é fora de portas interessa-nos bastante.
    Reunimos duas vezes por semana, nunca à segunda nem à sexta, pois à segunda ainda estamos de ressaca, e a sexta é sempre tirada para se beber um copo com um amigo. As reuniões, são sempre depois de jantar, para a malta não ir para lá a seco.
    Não têm que se preocupar com o equipamento nem com os móveis, pois a malta porta-se bem, e estão presentes sempre dois ou três psicólogos que acalmam o pessoal, bebem é mais que nós.
    Façam-nos chegar o preço, o mais rapidamente possível, para podermos decidir sobriamente.

    Um sentido abraço companheiros
    do Presidente dos ASACOH somente nos meses que têm r.

  • Partido da Terra

    Caro presidente Vilafanha;

    A direcção do centro do MPT, ao constatar que estão a alugar sazonalmente as vossas instalações informa, que gostaria de ser informado do valor que pedem para utilização de uma semana antes e outra depois de qualquer acto eleitoral, pois parece que V. Exas nem nestes períodos a utilizam.

    De modo a poder ser considerado,agradecíamos resposta urgente.
    Cumprimentos democráticos
    Mariozinho Pito

  • Içador de colunas

    Sr Presidente Vilafanha;

    Devido a esta constante ataque que a loja de Côja está sofrer, devido ao facto de uma grande parte dos seus obreiros fazerem parte dos corpos do PS e da CMOH, perguntamos, se também nos podemos candidatar ao aluguer das vossas instalações num sistema part-time?
    Reunimos somente nas primeiras quinta-feiras de cada mês, com excepção do mês e Agosto que estamos de férias. Iniciamos os trabalhos ao meio dia e encerramos à meia noite, mas com a pouca vontade que temos de trabalhar, isto deve-se reduzir-se aí por volta das 20h00 até à meia-noite.
    Já temos reunido na sede do PS, mas mesmo aí há muitos olhares profanos.

    Abraços
    Cá da irmandade

  • Olheiro

    Sr. Presidente;

    Tanta gente no jantar. Eram mais do Seixo que dos outros lados, esqueceram-se de levar os da Felgueira Velha para ir o arranjo completo.
    Avisaram o Batista? Lá vai mais uma para ele gozar com o Inácio. Tal professor nem de porrada é farto.

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=660810083999441&set=pcb.660810110666105&type=1&relevant_count=1

    • Está boa

      Está lá também o Paulinho! Ó rapaz, então o trabalho que têm feito no escuro, já começou a dar frutos? O jantarzinho, foi à conta do Maurício? Ou do PSD?
      Já sei quem pagou. Foi o Duarte, o homem é “um mãos abertas”.

      • Boa, mas boa

        Claro, como lá estava a filhinha, o homem nem pensou duas vezes, pediu orçamento e pagou antecipadamente.
        Assim sim, dá gosto trabalhar.

    • Será possivel

      Não está lá o Caetano?
      Já anda a fugir com o rabo à seringa?
      O ferta podia ter levado o pessoal dos centros, os colegas do Paulinho.

    • PSD pelas horas da amargura

      “Militantes de Arganil, Miranda do Corvo, Oliveira do Hospital, Poiares e Tábua.”

      Onde? Estão escondidos? Só la vejo a “Duarte e companhia” sem o Duarte.
      Coitado do Maurício, com um apoio destes bem pode esquecer a Assembleia da Republica.
      Pelas caras do pessoal, foi uma barrigada (de fome).