PSD e CDS/PP de Oliveira do Hospital solidários com vítimas da tragédia de Pedrogão Grande

O Partido Social Democrata de Oliveira do Hospital e o CDS/PP manifestaram–se ontem solidários com a tragédia que afectou Pedrogão Grande. Os centristas anunciaram que a nível distrital estão suspensas esta semana toda a actividade partidária e o PSD oliveirense apresentou via Facebook as condolências aos familiares das vítimas.

“PSD de Oliveira do Hospital, a sua equipa e o candidato João Paulo Albuquerque apresentam as mais sinceras e sentidas condolências aos familiares das vítimas do Pedrogão Grande e votos de bastante força para ultrapassar esta enorme tragédia. Assim como aos nossos bombeiros que lutam sem baixar os braços para parar esta destruição”, referem. O PSD nacional também cancelou a agenda partidária da semana.

Já os centristas explicam que  “a Comissão Política Distrital do CDS de Coimbra comunica que toda a actividade partidária estará suspensa durante a próxima semana, na sequência dos trágicos acontecimentos de Pedrógão Grande e em solidariedade com todas vítimas e suas famílias”. O candidato da coligação dos centristas à Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital e presidente da distrital do CDS, Luís Lagos, escreve no seu Facebook: “Que dia triste para Portugal! Que tragédia!”.

“Hoje, não é dia de atacar ninguém. É demasiado fácil e injusto atacar o Governo, Protecção Civil, MAI, etc; pelo que aconteceu e está a acontecer. Hoje, é dia para estarmos juntos. Todos. Esta angústia e sensação de impotência tem de nos envergonhar a todos. Porque se há culpa, é de todos”, escreve, adiantando, porém, que é necessário retirar as devidas ilações desta tragédia. “Que este drama e sofrimento, que é colectivo e de todo o Portugal, sirva para de uma vez por todas começarmos a aplicar a lei, com agravamento de IMI, coimas, etc; e exigirmos todos que seja feito mais na limpeza da nossa floresta e na aplicação de medidas que impeçam o abandono do mundo rural. Só assim evitaremos chorar as vítimas de amanhã. Força aos bombeiros heróis que, hoje, lutam por todos e cada um de nós. Bem hajam”, conclui Luís Lagos.

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

PJ deteve em Seia um homem por tentativa de homicídio

O Departamento de Investigação Criminal da Guarda da Polícia Judiciária (PJ), com a colaboração da …

Governo promete em Oliveira do Hospital que “vai mesmo avançar” com cadastro florestal e investir nos sapadores

O primeiro-ministro, António Costa, prometeu hoje em Oliveira do Hospital que o Governo “vai mesmo avançar” …