PSD: Líder da distrital garante não ter sido informado da demissão de José Carlos Mendes

Decidido em não comentar o anúncio da demissão do presidente da Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital, o líder distrital do partido limitou-se a adiantar a este diário digital que, ainda não foi informado pela estrutura concelhia das alterações ocorridas, quando faltam pouco mais de dois meses para as eleições autárquicas de 11 de Outubro.

“As atitudes ficam com quem as toma”, considerou Pedro Machado sobre o facto de Mendes ter abandonado o partido e apostado no projecto independente “Oliveira do Hospital Sempre” sem primeiro informar o líder distrital.

“Mário Alves é o legítimo e verdadeiro social-democrata”

Em declarações a este diário digital, Pedro Machado preferiu antes vincar a sua posição de apoio incondicional a Mário Alves. “Neste momento estou motivado para, no dia 1 de Agosto, apresentar e estar ao lado de Mário Alves”, afirmou, referindo-se ao ainda presidente da Câmara Municipal como o “legítimo e verdadeiro social-democrata e representante do PSD para o projecto de desenvolvimento de Oliveira do Hospital e da sua qualidade de vida”.

Questionado por este diário online sobre o facto de a recandidatura de Alves ter sido preparada à margem da estrutura concelhia do PSD, Machado disse que tal “não é verdade”.

“Foram cumpridas todas as formalidades relativas à auscultação da Comissão Política Concelhia”, sublinhou, assegurando que “não há uma única Comissão Política de Secção que tenha ficado afastado do processo autárquico”.

LEIA TAMBÉM

Líder parlamentar do PSD questiona António Costa sobre a reconstrução das casas afectadas pelos incêndios.

O líder parlamentar do PSD, Fernando Negrão, pediu ontem explicações ao primeiro-ministro sobre o reduzido número …

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital garante verba ainda desconhecida para reconstrução das segundas habitações depois de questionado pelo vereador do PSD

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje que …