PSD marca eleições para 21 de Maio e Sandra Fidalgo avança como candidata

A informação foi avançada, hoje, ao correiodabeiraserra.com pelo líder do PSD local, Nuno Pereira, que adiantou ainda o nome da candidata que vai aparecer à frente de uma das listas – desconhece-se ainda a existência de outra candidatura – concorrentes àquelas eleições partidárias e que contará com o apoio da concelhia social-democrata.

Trata-se de Sandra Fidalgo, a presidente do Agrupamento de Escolas do Vale do Alva, que esteve desde a primeira hora no núcleo duro de apoiantes de José Carlos Mendes e que, nas últimas eleições nacionais do PSD, integrou a comissão de honra da candidatura de Pedro Passos Coelho. Actualmente, é também a presidente da Mesa da Assembleia do PSD local.

Ex- presidente da Junta de Freguesia de Seixo da Beira pede refiliação no PSD

Entretanto, quem já pediu a refiliação no PSD foi António Guilherme Inácio. O ex- presidente da Junta de Freguesia de Seixo da Beira, que nas eleições autárquicas do ano passado se desfiliou do PSD para concorrer àquela autarquia pelo movimento de eleitores independentes “Oliveira do Hospital, Sempre”, já manifestou essa vontade junto da estrutura local do partido.

“O professor Inácio foi uma pessoa que sempre defendeu o partido e os seus eleitores. Portanto, e dadas as circunstâncias em que ocorreu a sua desfiliação, decidimos propor a sua refiliação”, referiu Nuno Pereira a este diário digital.

Nas últimas eleições nacionais, que em Oliveira do Hospital também ditaram a derrota – à semelhança do que aconteceu por todo o país – do candidato apoiado pela ala ligada a Mário Alves – Paulo Rangel –, na secção do PSD de Oliveira do Hospital existiam 925 militantes em condições de poderem votar, uma vez que tinham as quotas em dia.

O acto eleitoral, acabou no entanto por ser participado por 605 militantes, que deram uma inequívoca vitória a Passos Coelho. O sucessor de Manuela Ferreira Leite obteve 371 votos, enquanto que o seu principal adversário – Paulo Rangel – somou apenas 225.

A próxima comissão política do PSD de Oliveira do Hospital, que será eleita até à Primavera de 2012, ficará em mãos com três importantes dossiês políticos: a pacificação do partido – uma tarefa difícil –, as eleições legislativas e, ainda, a preparação das próximas eleições autárquicas numa autarquia que o PS passou a governar.

LEIA TAMBÉM

Incêndios adiam da tomada de posse do executivo da autarquia oliveirense

A catástrofe que se abateu sobre Oliveira do Hospital, com os incêndios, levou a uma …

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …