O director distrital da campanha de Pedro Passos Coelho na corrida à liderança nacional do Partido Social-democrata desvalorizou hoje as divisões existentes no concelho de Oliveira do Hospital e preferiu destacar o peso que a Comissão Política oliveirense pode representar nas eleições agendadas para 31 de Maio.

 

“A Comissão Política de Oliveira do Hospital é uma das maiores de Portugal”

Imagem vazia padrão“A secção de Oliveira do Hospital não é uma secção qualquer”, afirmou Paulo Júlio ao correiodabeiraserra.com, notando que no final da semana passada, a estrutura liderada por José Carlos Mendes era – em termos do distrito de Coimbra – a que apresentava um maior número de militantes em condições de votar, ou seja, com as quotas regularizadas. Com um total de 1034 militantes, a Secção de Oliveira do Hospital era seguida pela congénere da Figueira da Foz com 1002 militantes.

Convidado por este diário online a clarificar o processo que conduziu ao anúncio de Carlos Veloso como mandatário concelhio e de José Carlos Mendes, como director concelhio da campanha, Paulo Júlio explicou que o mandatário é líder de uma estrutura que “tem importância a nível local” e o convite que lhe foi endereçado surgiu “de forma natural”. Já o director concelhio de campanha surgiu – como sublinhou – na sequência do posicionamento assumido pela Comissão Política de Secção que optou pelo apoio a Passos Coelho.

“Aceitamos de muito bom grado este apoio, porque a Comissão Política de Oliveira do Hospital é uma das maiores de Portugal”, referiu o director distrital de Campanha, desvalorizando as divisões a nível local. “Estamos num processo nacional. Não está em causa nenhuma eleição local”, clarificou Paulo Júlio, sublinhando que a mensagem que pretende passar é de que: “somos uma equipa com o mesmo objectivo”. Quanto às figuras de mandatário e director concelhio de campanha, o responsável contou que não é muito habitual a existência de ambas a nível concelhio, mas que depende da realidade local de cada município. Referiu que o que há a fazer é um trabalho conjunto entre Carlos Veloso e José Carlos Mendes, porque “os militantes do PSD estão a escolher o melhor candidato” para fazer face ao Partido Socialista.

LEIA TAMBÉM

Nova liderança da JSD de Oliveira do Hospital quer colocar problemas dos jovens na agenda política local

Virgílio Salvador, de 26 anos, foi eleito no domingo presidente da Juventude Social Democrata de …

«Castração» política em Oliveira do Hospital. Autor: João Cruz

Passados 44 anos após o 25 de Abril de 1974, vive-se hoje em Oliveira do …