O director distrital da campanha de Pedro Passos Coelho na corrida à liderança nacional do Partido Social-democrata desvalorizou hoje as divisões existentes no concelho de Oliveira do Hospital e preferiu destacar o peso que a Comissão Política oliveirense pode representar nas eleições agendadas para 31 de Maio.

 

“A Comissão Política de Oliveira do Hospital é uma das maiores de Portugal”

Imagem vazia padrão“A secção de Oliveira do Hospital não é uma secção qualquer”, afirmou Paulo Júlio ao correiodabeiraserra.com, notando que no final da semana passada, a estrutura liderada por José Carlos Mendes era – em termos do distrito de Coimbra – a que apresentava um maior número de militantes em condições de votar, ou seja, com as quotas regularizadas. Com um total de 1034 militantes, a Secção de Oliveira do Hospital era seguida pela congénere da Figueira da Foz com 1002 militantes.

Convidado por este diário online a clarificar o processo que conduziu ao anúncio de Carlos Veloso como mandatário concelhio e de José Carlos Mendes, como director concelhio da campanha, Paulo Júlio explicou que o mandatário é líder de uma estrutura que “tem importância a nível local” e o convite que lhe foi endereçado surgiu “de forma natural”. Já o director concelhio de campanha surgiu – como sublinhou – na sequência do posicionamento assumido pela Comissão Política de Secção que optou pelo apoio a Passos Coelho.

“Aceitamos de muito bom grado este apoio, porque a Comissão Política de Oliveira do Hospital é uma das maiores de Portugal”, referiu o director distrital de Campanha, desvalorizando as divisões a nível local. “Estamos num processo nacional. Não está em causa nenhuma eleição local”, clarificou Paulo Júlio, sublinhando que a mensagem que pretende passar é de que: “somos uma equipa com o mesmo objectivo”. Quanto às figuras de mandatário e director concelhio de campanha, o responsável contou que não é muito habitual a existência de ambas a nível concelhio, mas que depende da realidade local de cada município. Referiu que o que há a fazer é um trabalho conjunto entre Carlos Veloso e José Carlos Mendes, porque “os militantes do PSD estão a escolher o melhor candidato” para fazer face ao Partido Socialista.

LEIA TAMBÉM

Incêndio

Anda tudo a gozar connosco!!! Autor: Luís Lagos

Anda tudo a gozar connosco!!! Eu estou absolutamente farto!!! Fartinho!!! Haverá quem leia este post …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …