São “truques” senhor, são “truques”…da comunicação social…

“Truques”

Até parece que se combinaram, dois dos jornais do Concelho, sobre a forma de destacar, por um lado, e de omitir, por outro, intervenções e assuntos da última sessão da Assembleia Municipal ( 20 Dezembro, 2008).

Vejamos:
Nesta sessão da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, os eleitos da CDU apresentaram três “moções”:
* — Contra a “proibição” antidemocrática, imposta por lei saída da maioria PS na Assembleia da República, dos Presidentes de Juntas de Freguesia poderem votar e ser eleitos (em sessão de Assembleia Municipal) para órgãos das associações de municípios como a recém criada Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal do Pinhal Interior Norte ( de que Oliveira do Hospital faz parte).
* — Para que a TELECOM reforce, no Concelho, a rede com o “sinal” para telemóveis de terceira geração;
* — Contra o “chumbo”, imposto pelo PS, PSD e CDS/PP, das propostas do PCP na Assembleia da República que visavam o reforço do PIDDAC do Orçamento de Estado, 2009, em mais 900 mil euros para obras no nosso Município.

Estas três “moções”, da iniciativa da CDU, foram aprovadas pela Assembleia Municipal. Destas três “moções” entendeu a comunicação social presente na Sessão dar notícia muito, muito reduzida.

Outras intervenções, sobre vários assuntos, foram produzidas pelos eleitos da CDU, de entre as quais uma nova “declaração” a propósito da saída de António dos Santos Lopes da Assembleia Municipal. Também essas outras intervenções da CDU foram ou simplesmente omitidas ou noticiadas bastante ”a correr”…

Em contrapartida, dois dos jornais do Concelho entenderam noticiar com destacado destaque, digamos assim, outras intervenções de outro(s) eleito(s) na mesma sessão da Assembleia Municipal, eleito(s) que esses mesmos jornais não se coíbem de considerar já como “candidato(s)” à Câmara sem que o(s) próprio(s) tenha(m) manifestado essa vontade.

Serão, os jornais locais, assim como que uma espécie de “agência” de lançamento de candidatos à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital ? Será esse o “critério” jornalístico que emerge da própria vontade dos jornais em causa para “politizar/partidarizar” a sua escrita? Bom, então registem que eu próprio também posso ser “candidato” à Câmara…e, então, democraticamente, a minha eventual candidatura vale tanto como as outras, à partida … Por isso…

Isto para dizer que, com este tipo de “truques” – à base da especulação -, a comunicação social, supostamente apartidária, acaba é por tomar partido, insinuando, publicitando, promovendo os “candidatos” de cuja “côr dos olhos” mais gosta, e sabe-se lá porquê…

Ao mesmo tempo, a mesma comunicação social silencia ou subalterniza as persistentes, diferenciadoras e muito válidas iniciativas de eleitos CDU quer nas Freguesias quer na Assembleia Municipal, no caso de Oliveira do Hospital.

Assim se prepara e se faz notícia, e se molda opinião, manipulando antidemocraticamente as situações, ainda que, num ou noutro caso, não haja intenção planeada para que isso aconteça.

Aqui se contesta e se apela para a necessária correcção desse tipo de comportamento cerceador dos direitos (concretos) de expressão e de informação isenta.

Boas Festas e Feliz Ano Novo!

Um Ano Novo sem maiorias absolutas nas eleições que se avizinham pois, como se tem visto, as maiorias político-partidárias absolutas, mas conjunturais, logo se transformam em ditaduras de uma maioria (política) que não obedece ao Povo que a elegeu mas que obedece a uma pequeníssima minoria na sociedade:- os grandes grupos financeiros e económicos.
Entretanto, muita saúde ! *

João Dinis
Autarca da CDU – Oliveira do Hospita
l

LEIA TAMBÉM

Em Vila Franca da Beira houve manipulação pré-eleitoralista, por parte dos candidatos PS, de iniciativa da Câmara que até merecia ter sido mais “limpa”!… Autor: João Dinis, Jano

Em período de pré-campanha eleitoral – que as Eleições Autárquicas vão ser já a 1 …

Batalha de Aljubarrota – A Real Batalha – 14 de Agosto de 1385 – Faz 632 Anos. Autor: João Dinis, Jano

Viva Portugal !  Livre, Soberano e Independente !!!  Viva ! Sim, a 14 de Agosto …