Quase todo o país sob aviso amarelo

O território português está, esta segunda-feira, com exceção do grupo oriental dos Açores, sob aviso amarelo devido à chuva, vento, neve e agitação marítima, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), toda a costa portuguesa (distritos de Viana do Castelo, Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro) está sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros entre as 18 horas desta segunda-feira as 12 horas de terça-feira.

O IPMA colocou também os 18 distritos do continente sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros/hora (entre as 00.00 horas e as 18 horas desta segunda-feira) e períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada (entre as 6 horas desta segunda-feira e as 23.59 horas de terça-feira).

O instituto emitiu ainda um aviso amarelo para o distrito da Guarda devido à queda de neve acima de 1200/1400 metros, subindo gradualmente a cota para os pontos mais altos da Serra da Estrela, entre as 3 horas desta segunda-feira e as 23.59 horas de terça-feira.

Para o arquipélago da Madeira foi emitido um aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva por vezes forte e com possibilidade de ocorrência de trovoadas e agitação marítima com ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros.

O IPMA já tinha colocado, no domingo, os grupos central (Faial, Pico, São Jorge, Graciosa e Terceira) e ocidental (Flores e Corvo) dos Açores sob aviso amarelo devido à chuva agitação marítima, o que se irá manter até às 23 horas desta segunda-feira. Apenas o grupo oriental, ilhas de São Miguel e Santa Maria não tem qualquer aviso.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser, por vezes, fortes e acompanhados de trovoada, queda de neve acima de 1200/1400 metros, vento fraco a moderado do quadrante sul, tornando-se gradualmente moderado a forte com rajadas da ordem de 65 quilómetros/hora, em especial no litoral.

Nas terras altas, prevê-se vento moderado a forte, com rajadas até 70 quilómetros por hora, tornando-se gradualmente forte a muito forte com rajadas até 85 quilómetros/hora.

Em Lisboa, Faro, Beja e Castelo Branco prevê-se uma máxima de 16 graus Celsius, no Porto e em Braga 15, Guarda 9, Bragança 13, Ponta Delgada, Angra do Heroísmo, Santa Cruz das Flores e Viseu 14 e no Funchal 19.

jn.pt

LEIA TAMBÉM

IMT vai recorrer de decisão que declarou ilegal fecho de centro de inspecção automóvel de Seia

O Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) anunciou que vai recorrer das decisões judiciais que …

Dez detidos em Seia por tráfico de droga

A GNR de Gouveia deteve, entre os dias 1 e 3 de Setembro, oito homens …