Quase todo o país sob aviso amarelo

O território português está, esta segunda-feira, com exceção do grupo oriental dos Açores, sob aviso amarelo devido à chuva, vento, neve e agitação marítima, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), toda a costa portuguesa (distritos de Viana do Castelo, Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro) está sob aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros entre as 18 horas desta segunda-feira as 12 horas de terça-feira.

O IPMA colocou também os 18 distritos do continente sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros/hora (entre as 00.00 horas e as 18 horas desta segunda-feira) e períodos de chuva ou aguaceiros por vezes fortes e acompanhados de trovoada (entre as 6 horas desta segunda-feira e as 23.59 horas de terça-feira).

O instituto emitiu ainda um aviso amarelo para o distrito da Guarda devido à queda de neve acima de 1200/1400 metros, subindo gradualmente a cota para os pontos mais altos da Serra da Estrela, entre as 3 horas desta segunda-feira e as 23.59 horas de terça-feira.

Para o arquipélago da Madeira foi emitido um aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva por vezes forte e com possibilidade de ocorrência de trovoadas e agitação marítima com ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros.

O IPMA já tinha colocado, no domingo, os grupos central (Faial, Pico, São Jorge, Graciosa e Terceira) e ocidental (Flores e Corvo) dos Açores sob aviso amarelo devido à chuva agitação marítima, o que se irá manter até às 23 horas desta segunda-feira. Apenas o grupo oriental, ilhas de São Miguel e Santa Maria não tem qualquer aviso.

O IPMA prevê para hoje no continente céu geralmente muito nublado, períodos de chuva ou aguaceiros, que poderão ser, por vezes, fortes e acompanhados de trovoada, queda de neve acima de 1200/1400 metros, vento fraco a moderado do quadrante sul, tornando-se gradualmente moderado a forte com rajadas da ordem de 65 quilómetros/hora, em especial no litoral.

Nas terras altas, prevê-se vento moderado a forte, com rajadas até 70 quilómetros por hora, tornando-se gradualmente forte a muito forte com rajadas até 85 quilómetros/hora.

Em Lisboa, Faro, Beja e Castelo Branco prevê-se uma máxima de 16 graus Celsius, no Porto e em Braga 15, Guarda 9, Bragança 13, Ponta Delgada, Angra do Heroísmo, Santa Cruz das Flores e Viseu 14 e no Funchal 19.

jn.pt

LEIA TAMBÉM

GNR realizou ontem 40 detenções em flagrante delito, sete das quais por roubo

Apenas um elemento do grupo suspeito de vários crimes na zona Centro ficou em prisão

Dos cinco jovens, com idade entre os 22 e os 28 anos detidos pela PJ …

Subida de temperatura e risco elevado de incêndios no interior nos próximos dias

Onde de calor vai continuar, com as temperaturas a rondar os 30 graus

O calor vai continuar a fazer-se sentir no continente, com as temperaturas a rondar os …