Quatro fogos activos, incluindo um no Parque Natural da Serra da Estrela e outro na Pampilhosa

Três fogos activos, incluindo um no Parque Natural da Serra da Estrela e outro na Pampilhosa

Portugal registava, pelas 16h30 de hoje, quatro incêndios activos (um já foi dominado), com o combate às chamas em Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra, a concentrar mais bombeiros, quase 300 operacionais, informou a Protecção Civil. O Parque Natural da Serra da Estrela é outros dos locais atingidos.

Este último lavra na zona de Corujeira, no concelho da Guarda, onde as chamas surgiram pelas 14h07, numa área de mato, e estão a ser combatidas por 106 bombeiros, auxiliados por 23 viaturas (incluindo dois aviões bombardeiros).

No concelho da Pampilhosa da Serra, o fogo em mato na zona de Praçais, deflagrou às 13h53 e, de acordo com a página na Internet da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), tem duas frentes activas. O combate às chamas mobiliza já, segundo os dados mais recentes da ANPC, 295 bombeiros, apoiados por 64 veículos, de entre os quais dois helicópteros e dois aviões bombardeiros.

Já no concelho de Nisa, distrito de Portalegre, o fogo eclodiu por volta das 14h43 e tem uma frente activa. O incêndio, numa zona de floresta, em Pé da Serra, está a ser combatido por 141 bombeiros, apoiados por 32 veículos, entre os quais constam dois aviões bombardeiros médios anfíbios.

Quanto ao concelho de Vinhais, distrito de Bragança, um incêndio começou pelas 14h58, numa zona de mato no Parque Natural de Montesinho, mas já se encontra dominado. No total, ocupou 84 bombeiros, apoiados por 19 veículos operacionais, nomeadamente um helicóptero de ataque inicial e um helicóptero bombardeiro.

LEIA TAMBÉM

Três feridos ligeiros em despiste seguido de colisão no IC6

Um veículo pesado despistou-se esta manhã de sábado no IC6, na zona de São Pedro de …

Acidente no IP3 provoca duas mortes, dois feridos e corte da via nos dois sentidos

Um acidente entre dois veículos ligeiros, seguido do despiste de um pesado e de um …