Quatro incêndios ativos mobilizam cerca de 130 bombeiros

Quatro incêndios estavam hoje de manhã a queimar mato e a ser combatidos por quase 130 bombeiros, o mais grave dos quais em Carvalheda, em Aveiro, de acordo com informação divulgada pela Autoridade da Proteção Civil.

Segundo a página de Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil, o início do fogo em Vale de Cambra, concelho de Carvalheda, foi registado às 00:50 e tinha, às 07:25, três frentes ativas.
Àquela hora, o incêndio estava a ser combatido por 60 bombeiros e 18 veículos.

No concelho de Seia, estão dois incêndios a queimar zonas de mato, um em Baiol, outro em Loriga.
O maior deste fogos situa-se em Baiol, tem uma frente ativa e está a dar trabalho a 46 bombeiros e 14 veículos, estando já a lavrar há 11 horas.

Em Loriga, o fogo foi registado pela Proteção Civil às 22:50 de quarta-feira e hoje de manhã estavam 11 bombeiros e quatro veículos a combater uma frente.

Um quarto incêndio teve início cerca das 01:45 em Mondim de Basto, em Vila Real, e o seu combate está a ser feito por 12 bombeiros e sete veículos contra uma frente ativa.

lusa.pt

LEIA TAMBÉM

Piloto Mário Patrão teve alta e já regressou a casa

Mário Patrão já teve alta hospitalar e regressou a casa. O piloto encontrava-se internado, no …

O Governo aberto a negociar com municípios aumento da verba e prazo para limpeza de terrenos

As Câmaras municipais estão obrigadas a substituir-se aos privados se estes não limparem os terrenos …