Queijo Serra da Estrela eleito Maravilha da Gastronomia

 

Foi logo a seguir à Alheira de Mirandela – foi a primeira maravilha a ser anunciada – que a revelação do Queijo Serra da Estrela como segunda maravilha fez pular da cadeira os responsáveis pela candidatura do queijo ao concurso das 7 Maravilhas da Gastronomia.

Num programa de televisão transmitido em direto pela RTP e conduzido por José Carlos Malato e Catarina Furtado, o Queijo Serra da Estrela deu mais uma prova da sua qualidade numa competição onde contou com o contributo direto do campeão mundial de atletismo.

“O Carlos Lopes está para o atletismo como o Queijo Serra da Estrela está para a gastronomia”, afirmou na ocasião Pedro Couceiro, membro da Confraria do Queijo Serra da Estrela, entidade que com o apoio de nove municípios, associações de desenvolvimento local e regiões de turismo, foi responsável pela candidatura às 7 Maravilhas da Gastronomia.

Pedro Couceiro que elogiou todos os que votaram no Queijo Serra da Estrela – “é sinónimo de bom gosto”, frisou – endereçou um agradecimento “especial muito sentido” aos produtores de queijo e aos criadores de ovelha serra da estrela.

“Esses sim são os verdadeiros heróis deste processo que tenazmente e apesar das dificuldades ciclópicas com que se confrontam, continuam a produzir esta jóia da gastronomia portuguesa”, afirmou alertando igualmente para a “patologia gravíssima” que afeta do Queijo Serra da Estrela.

Couceiro referiu-se em concreto ao “despovoamento e ao abandono das estruturas”. “Viver no interior é um verdadeiro ato de cidadania e solidariedade”, verificou o membro da confraria que pegando em palavras do ex-presidente do Brasil, Lula da Silva, aquando da sua última visita a Portugal desafiou ao aproveitamento “dos verdadeiros nichos de excelência que Portugal tem”. “Um deles é sem dúvida o Queijo Serra da Estrela”, afirmou.

No conjunto das 7 maravilhas da Gastronomia, a alheira de Mirandela e o Queijo Serra da Estrela fazem-se acompanhar pelo caldo verde, arroz de marisco, sardinha assada, leitão da Bairrada e pastel de Belém.

As iguarias eleitas foram as mais votadas de uma lista de 21 escolhidas por um painel de especialistas, que selecionou três pratos pelas categorias de Entradas (pastéis de bacalhau, alheira de Mirandela e queijo Serra da Estrela), Sopas (açorda alentejana, caldo verde e sopa da pedra), Marisco (amêijoas à Bulhão Pato, arroz de marisco e xarém com conquilhas), Peixes (bacalhau à Gomes de Sá, polvo assado no forno e sardinha assada), Carnes (chanfana, leitão da Bairrada e tripas à moda do Porto), Caça (coelho à caçador, coelho à Porto Santo à caçador e perdiz de escabeche de Alpedrinha), e Doces (pastel de Belém, pastel de Tentúgal e pudim Abade Priscos).

O espetáculo realizado na antiga Escola Prática de Cavalaria de Santarém refletiu o resultado dos 899.069 votos registados entre 7 de maio e 7 de setembro pela organização da iniciativa.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …