Razões passionais poderão estar na origem de carro incendiado em pleno centro da cidade

A Polícia Judiciária de Coimbra está a investigar um caso em que um automóvel foi incendiado, na madrugada de sexta-feira, em pleno centro da cidade de Oliveira do Hospital.

O carro, um Wolkswagen Polo de 1996, encontrava-se estacionado na rua prof. António Ribeiro Garcia de Vasconcelos, junto às antigas instalações da caixa de crédito agrícola, e segundo a sua proprietária, Maria Celeste, que vive naquela zona da cidade, “foi uma vizinha que deu conta do carro a arder, quando veio à varanda, e chamou os bombeiros” voluntários de Oliveira do Hospital.

A parte interior e o motor do veículo ficaram “completamente queimados” e o automóvel já foi enviado para uma sucata de Oliveira do Hospital.

Contactada pelo correiodabeiraserra.com, a dona do carro diz ter já comunicado à PJ as suas suspeitas sobre o alegado autor do crime, e salienta ainda que há já algum tempo que vinha sendo vítima, através de chamadas efectuadas para o seu telemóvel, de “vária ameaças”.

Uma fonte policial, que solicitou o anonimato, afirmou entretanto a este diário digital que este acto de vandalismo afigura-se como um “caso isolado” relacionado com alegadas “questões passionais”.

LEIA TAMBÉM

Caça praticamente proibida no concelho de Oliveira do Hospital até Maio de 2018

A caça está proibida até 31 de Maio de 2018 nas zonas consumidas pelos fogos, …

Capoula Santos apresentou em Oliveira do Hospital novas medidas de apoio aos agricultores afectados pelos fogos

O Ministro da Agricultura apresentou, ontem, em Oliveira do Hospital, as novas medidas de apoio …