Reduza o uso do seu automóvel, encontre uma alternativa. Autor: João Costa Oliveira

Sabia que as famílias portuguesas reservam, em média, 15% do seu orçamento para transportes? E sabia que a maior parte dos carros nas estradas portuguesas são ocupados apenas por um passageiro?

Estas duas questões estão interligadas pela necessidade de reduzir e substituir o recurso ao automóvel nas deslocações diárias entre casa e trabalho. Considerando os gastos que implica a utilização diária de um automóvel seria interessante, dentro das possibilidades de cada um, poder optar por uma alternativa mais responsável!

Andar a pé ou de bicicleta são as formas mais económicas, amigas do ambiente e saudáveis que pode encontrar! Pense no tempo que demora a chegar ao trabalho, na distância que tem de percorrer e na sua rotina diária. Sabia que 15 minutos por dia de exercício físico podem fazer muito pela sua saúde? E em vez de pagar uma mensalidade num ginásio ou fazer uma corrida todos os dias pode economizar o seu tempo deixando o carro em casa!

Outra alternativa são os transportes públicos. Substituir o automóvel pode, por exemplo, ajudar a reduzir em parte o seu impacto no ambiente, ao mesmo tempo que o ajuda a poupar algum dinheiro! A utilização dos transportes coletivos é também uma forma de reduzir o número de carros na estrada!

No entanto, outra das suas possibilidades é a partilha do automóvel. Considere partilhar a despesa mensal com uma ou mais colegas ou vizinhos. Mesmo que seja duas ou três vezes por semana, pode fazer a diferença para si e para os outros. Esta é talvez uma das alternativas mais cómodas, mas não é a única!

Apesar de nem sempre ser possível encontrar um colega ou vizinho disponível para partilhar algumas viagens por semana pode, por exemplo, levar o seu carro até uma estação de comboio, autocarro ou camioneta e apanhar o transporte mais conveniente até ao trabalho. Pode escolher o local com melhor estacionamento, acessibilidade ou localização para a sua viagem e voltar para casa da mesma forma!

Numa altura em que todos utilizamos o automóvel interessa mudar alguns hábitos. Principalmente nas zonas urbanas o estacionamento e o tempo despendido no trânsito podem ser razões suficientes para considerar uma alternativa. No entanto, existem sempre casos em que a utilização do veículo pessoal é realmente imprescindível!

No fundo é uma questão de consciência e praticabilidade. Se considera que uma destas dicas o pode ajudar a reduzir o consumo de combustíveis fósseis, a poupar tempo e dinheiro ou mesmo a melhorar a sua saúde então o que lhe custa experimentar?

Se todos tivermos uma atitude critica e proactiva podemos mudar alguns hábitos e encontrar soluções para problemas de todos!

Esteja atento, seja responsável e procure ser um agente de mudança social!

 Autor: João Costa Oliveira

LEIA TAMBÉM

E porque digo eu que o Futebol Clube do Porto é a equipa de futebol mais próxima de jogar como faz o Real Madrid? Autor: João Dinis

Tipo “declaração de interesses”, digo que sou Benfiquista desde que me conheço (tenho 64 anos) …

VIV´Á REPÚBLICA ! Autor: João Dinis

Viv´ó 5 de Outubro, Dia da República !  Viv´ó Feriado do 5 de Outubro que …