Reflorestação beneficia 1,5 hectares de área ardida na freguesia de Ervedal da Beira

O Município de Oliveira do Hospital, à semelhança dos anos anteriores, aderiu à 4.ª Edição da Semana da Reflorestação Nacional, uma iniciativa que é realizada anualmente no mês de novembro, por ocasião da comemoração do Dia da Floresta Autóctone.

Desta forma, o Município de Oliveira do Hospital associa-se ao “Plantar Portugal”, movimento nacional de cidadania ativa que pretende unir a sociedade em torno do desígnio de tornar Portugal um país mais sustentável, através da valorização das Florestas, Agricultura e Meio Ambiente.

Em 2013, a Semana da Reflorestação Nacional decorre entre 18 e 24 de novembro sendo que o Município, através dos seus pelouros da Floresta e Desenvolvimento Rural; da Educação; e do Ambiente e Qualidade de Vida, vai dinamizar várias ações de promoção ambiental com o objetivo de valorizar o concelho de Oliveira do Hospital.

Na próxima segunda-feira, dia 18 de novembro, pelas 9h30, será desenvolvida uma ação de sementeira de bolotas de carvalho e sobreiro e plantação de pinheiros manso, na área florestal que foi dizimada pelos incêndios do último Verão, que consumiram mais de 730 hectares, na zona de Ervedal da Beira. A acção, promovida pelo Municipio, terá a colaboração de alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital e dos membros da Comissão Municipal de Defesa da Floresta Contra Incêndios de Oliveira do Hospital.

O terreno a semear/plantar, cerca de 1,5 hectares, localiza-se no cruzamento para a Quinta do Pisão, próximo da etar de Ervedal da Beira, a cerca de 200 m da estrada principal.

Serão também distribuídos, por todos os alunos do pré-escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico do concelho, diversas cuvetes, sacos de terra e bolotas de carvalho e sobreiro. Esta iniciativa irá abranger um total de 874 alunos, proporcionando-lhes a oportunidade para que, em contexto de sala de aula, possam desenvolver uma ação de sementeira e acompanhamento da germinação das plantas, podendo vir a ser génese do desenvolvimento de projetos de hortas pedagógicas.

Desde 2010 que a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital tem vindo a promover diversas ações de reflorestação, que abrangeram cerca de 18 hectares de terreno, nomeadamente no Perímetro Florestal N. Sra. das Necessidades (Gramaça, Aldeias das Dez), no Vale da Madrana (Chamusca da Beira, Lagos da Beira), na Área Baldia das Rodas (Merujais, Penalva de Alva), na Quinta da Serrana (Ervedal da Beira), na área ardida em Rio de Mel, S. Gião, a que se acrescentam plantações simbólicas de espécies autóctones no Parque do Mandanelho e no Parque dos Marmelos.

LEIA TAMBÉM

Denuncia do grupo do empresário Fernando Tavares Pereira coloca IMT sob investigação do DIAP

Duas empresas do grupo Tavfer, do empresário Fernando Tavares Pereira, a CIMA – Centro de …

Universidade de Coimbra aposta na folha de mirtilo para tratamento da Esclerosa Múltipla

Um projecto de investigação da Universidade de Coimbra aposta no potencial terapêutico da folha de …