Região Centro: Municípios não estão a aproveitar o QREN

Verificando que dos 500 milhões de euros do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN) disponíveis para a região Centro, apenas há 184 milhões candidatados e destes, apenas 24 milhões estão no terreno, o secretário de Estado da Administração Local lamentou, ontem, a “baixa execução” verificada, considerando que – conforme noticia o Diário de Coimbra – se trata de um valor que “está muito aquém do valor global que pode ser disponibilizado”.

A participar na inauguração do novo edifício da autarquia de Condeixa-a-Nova, José Junqueiro desafiou os municípios a aproveitarem a oportunidade, garantindo que estão reunidas todas as condições.

“Depende agora da capacidade das autarquias”, sustentou o governante, explicando que, depois da assinatura do protocolo com a Associação Nacional de Municípios Portugueses, os processos foram agilizados e simplificados, tal como defendiam os municípios, o que, até então, poderia justificar a falta de candidaturas já que as comparticipações eram muito baixas.

Para além disso, referiu que a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) está a fazer “pagamentos a menos de 30 dias”. “Estamos apenas à espera dos projectos que possam ser adjudicados”, disse o governante, informando que o apoio vai ser dado de acordo com a “ordem de chegada”, ou seja, as primeiras autarquias a apresentar projectos serão as primeiras a avançar para a sua concretização.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …