O nome do futuro candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Seia vai ser escolhido pelos próprios militantes por via da realização de eleições directas.

Região: Directas decidem nome de candidato do PS à Câmara de Seia

De acordo com a edição online do Porta da Estrela, a proposta de eleições directas foi apresentada por Eduardo Brito no Secretariado do Partido e já foi validada pela Comissão Política na passada sexta-feira, numa reunião também participada pelos presidentes de Junta de Freguesia e membros da Assembleia Municipal eleitos pelo PS.

Eduardo Brito explicou a decisão com o argumento de que se trata de “uma atitude nova, um sinal de mudança que só um partido que está em grande forma e muito bem organizado como o PS em Seia pode fazer”. “É uma decisão que estava há muito tempo pensada mas só agora é o momento indicado [para a anunciar] porque os militantes não podem servir apenas para colar cartazes ou para ir aos comícios, também tem que se lhe dar poder”, realça o presidente do PS de Seia ao PE online.

Na opinião de Eduardo Brito, tal decisão “confere ao candidato que vier a ser escolhido uma legitimidade, uma força e uma determinação”. Acrescentou que o candidato que vencer as directas “começa logo a ganhar porque os desafios que hoje o Concelho tem pela frente nas áreas das acessibilidades e do emprego exige candidatos muito legitimados e muito fortes”.

Para as eleições autárquicas de 2009, já são conhecidos em Seia dois nomes disponíveis para assumirem uma candidatura pelo PS à Câmara Municipal: Carlos Filipe Camelo e António Maximino.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …