Numa extensão de oito quilómetros, o gás natural já percorre alguns pontos do concelho de Seia e é já uma realidade na zona industrial, onde se situa a empresa Ara Shoes, Quintela, Crestelo, zona envolvente ao Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE), Bairro da Fisel, Piscina Municipal, entre outros espaços.

Região: Gás natural já é uma realidade no concelho de Seia

Imagem vazia padrãoA cerimónia que assinalou a chegada do gás natural ao município de Seia – introduzido em Portugal há 10 anos – realizou-se ontem, no auditório do CISE, onde marcaram presença Eduardo Brito, Presidente da Câmara Municipal de Seia e Massimo Rossini, Presidente do Conselho de Administração da Beiragás, empresa responsável pela distribuição do gás natural na região centro interior.

Segundo nota de imprensa enviada ao diário online do Correio da Beira Serra, os trabalhos tiveram início no dia 1 de Outubro de 2006, estando até à data concluída uma rede de gás de oito quilómetros. Sublinhe-se que – de acordo com a mesma nota – para abastecer os edifícios de habitação e de serviços no Município de Seia a Galp Energia construiu uma Unidade Autónoma de Gás, visto o gasoduto não chegar a esta região, que se concretizou num investimento de um milhão de euros.

O gás natural foi introduzido em Portugal com o objectivo de disponibilizar uma energia competitiva, cómoda e ecológica.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …