A Lousitânea – Liga de Amigos da Serra da Lousã prepara-se para inaugurar, dia 2 de Abril, a Maternidade de Árvores, em Aigra Nova, enquanto espaço de educação e sensibilização ambiental do espaço Rede Natura 2000 – Serra da Lousã.

Região: Góis assiste ao nascimento de uma “maternidade de árvores”

Situada numa das quatro aldeias do Xisto de Góis, Aigra Nova será um espaço potenciador deste território, agregando informação ambiental de um espaço muito mais vasto. Segundo nota de imprensa enviada ao diário online do Correio da Beira Serra, o espaço será constituído por espécies arbóreas e arbustivas autóctones, que outrora ocupavam todo o coberto vegetal da Serra da Lousã. A novidade assenta no facto de a sua estrutura se assemelhar a uma Maternidade para que quem a visite compreenda a importância da afectividade para com o ambiente. Estarão disponíveis programas de educação ambiental para grupos formais e informais, de jovens, escolas e adultos, bem como acções de educação e sensibilização ambiental.

Destaque também para o espaço das Árvores Magníficas, o canteiro das ervas aromáticas e medicinais e os jardins autóctones. A Maternidade deverá ser também apoiada com um Centro de Educação Ambiental com exposições sobre a fauna, flora e geologia da Serra da Lousã e um pequeno auditório. Na parte expositiva serão dados principais destaques ao Veado, aos fósseis marinhos e ás espécies raras e ameaçadas de extinção como a Cegonha Preta, Falcão Peregrino, Salamandra Lusitânica, Lontra e truta Fario Fario, entre outras.

LEIA TAMBÉM

Câmara Municipal de Seia promove incentivos à criação de emprego e ao investimento.

Município de Seia disponibiliza 100 mil euros para prioridades definidas pelos munícipes

A Câmara Municipal de Seia alocou uma verba de 100 mil euros para o orçamento …

Turistrela tem anteprojecto para colmatar problema do corte de estradas de acesso à Torre

Turistrela concluiu um anteprojecto para a instalação de três telecabinas na Serra da Estrela, iniciativa …