Rui Abrantes arredado das eleições para a CPS do PSD de Oliveira do Hospital

Em comunicado enviado ao início da manhã de hoje para a redacção do correiodabeiraserra.com, o social-democrata Rui Abrantes clarifica a sua posição no âmbito do acto eleitoral para a Comissão Política de Secção PSD de Oliveira do Hospital, que tem lugar no próximo dia 21 de Maio.

Numa altura em que o seu nome era apontado como elemento integrante da lista encabeçada por Sandra Fidalgo, Abrantes vem esclarecer que não faz parte daquele projecto político e atribui tal facto “à existência de pressões internas, com vista a garantir a presença de militantes, que inicialmente foram excluídos por ambas as partes, inclusive a duas semanas das eleições”.

Já noticiada por este diário digital, a polémica que tem vindo a marcar as escolhas da candidata acabou por afastar Rui Abrantes que, naquele comunicado, verifica que “não foram respeitados os interesses colectivos, em detrimento de interesses pessoais”.

Apesar de destacar a “vontade evidenciada pela anunciada candidata, no sentido da concretização de um projecto comum”, o social-democrata aponta o dedo ao “avolumar de exigências” apresentadas por Sandra Fidalgo e que – como adianta – impediram que se alcançasse “um acordo credível, capaz de ser mobilizador e tornar o PSD um partido vencedor”.

“Sempre tivemos a consciência que qualquer tipo de negociação pressupõe a necessidade de cedências mútuas e não unilaterais”, sublinha Abrantes.

Arredado do projecto político liderado por Fidalgo, Abrantes verifica que a lista que se apresentará a sufrágio na próxima sexta-feira “não é uma lista de união e consenso, mas sim uma única lista a concorrer”.

No comunicado onde coloca o “PSD em primeiro”, Abrantes esclarece ainda que não irá apresentar uma candidatura às eleições de 21 de Maio, por acreditar que, no futuro estará disposto a “construir um PSD unido e em condições de ser uma alternativa forte no actual panorama político do concelho”.

Conheça aqui o comunicado na íntegra.

Notícias relacionadas.

LEIA TAMBÉM

Viva o 25 de Abril! Sempre! Autor: João Dinis, Jano

Ao 25 de Abril de 1974 e à nossa magnífica “Revolução dos Cravos” se colou …

António Lopes

António Lopes junta acórdão do TCANorte para reforçar acusação no processo contra o município de Oliveira do Hospital

O ex-presidente da Assembleia Municipal (AM) de Oliveira do Hospital António Lopes pediu ao Tribunal Administrativo …