Ruizinho de Penacova no Seixo da Beira: “Sem cachê? Sabe como é a conversa dos políticos, uma mão lava a outra, as duas lavam a cara”

O músico popular Ruizinho de Penacova confessou à SIC que actuou em Seixo da Beira na Festa do Pão, Bolos e Bolas, na última sexta-feira, sem receber “cachê”, mas avisou logo a jornalista, que o interregova para uma rúbrica “Olha a Festa” daquela estação de televisão que percorre as festas populares do país, que isso não significava que fosse uma actuação gratuita. O músico deixou no ar, entre sorrisos, que os políticos tem as suas formas de fazer as coisas, dando a entender que se não recebeu ali, o espectáculo será pago de uma outra forma.

“É foi sem cachê, mas sabe como é a conversa dos políticos…”, começou por dizer sorridente e com ar brincalhão o artista, que foi interrompido pela jornalista para lhe lembrar que estamos próximo de eleições. “Estamos em ano eleitoral… há outras formas de pagar”, referiu a representante da SIC. Ruizinho de Penacova soltou uma gargalhada e atirou: “ora bem”. “Claro, [risos], uma mão lava a outra e as duas lavam a cara”, rematou o músico que é muito apreciado nos bailes da região.

Ruizinho de Penacova é o nome artistico de Ruiz Ferreira da Costa e nasceu em França. Em criança começou a tocar bateria. Em 1992 começou a apaixonar-se pelo acordeão e concertina, tendo como ídolo o artista popular Quim Barreiros. Conseguiu um êxito reconhecido e este ano teve 71 concertos praticamente concecutivos.

LEIA TAMBÉM

Faleceu a romancista Ermelinda da Silva

A romancista Ermelinda da Silva natural de Vila Franca da Beira faleceu ontem e funeral …

Um ferido grave e outro ligeiro num despiste em Tábua

Um despiste esta tarde (18h04) na Estrada Municipal 1304, na freguesia de Vila Nova de …

  • António Lopes

    Senhor Presidente José Carlos Alexandrino: Com amigos assim , mais lhe vale o António Lopes.Por isto aprecio os artistas.Disse mais numa frase que, eu, nos meus longos comentários.Sendo que, o “Ruizinho”, não nos deu nenhuma novidade.A ninguém.Mas, não se preocupe. Anda por aí um boato que o Senhor é sério.Mas, é boato..! A acreditar no que diz o “Ruizinho”..! E lembrar-me eu, que gastei 600 mil para o fazer presidente..! Dói, ler isto..!

  • Carlos Antunes

    Ai Ruizinho o que foste arranjar…. Dizer aquilo do arranjinho em público quando devia ser segredo. Lá se vão os teus bailes às custas do erário público em Oliveira do Hospital. Mas, na verdade, a nova equipa que cada vez mais está próxima de ganhar as eleições está mais preocupada em utilizar o dinheiro com o desenvolvimento do concelho e o bem estar dos munícipes que com festas e romarias.