Sacos de plástico vão custar dez cêntimos no próximo ano

Sacos de plástico vão custar dez cêntimos no próximo ano e Governo espera arrecadar 40 milhões de euros

Os sacos de plástico vão passar a custar dez cêntimos, incluindo o IVA, a partir do próximo ano, informou esta quinta-feira o ministro do Ambiente, Jorge Moreira da Silva. Este é uma das taxas englobadas na proposta do Governo de Fiscalidade Verde.

“É criada pela primeira vez uma taxa sobre os sacos de plástico leves, de oito cêntimos, que com IVA dará dez cêntimos”, informou o ministro do Ambiente, em conferência de imprensa

Moreira da Silva indicou que o objectivo é reduzir, já em 2015, a utilização destes sacos dos 466 para os 50 por habitante durante o ano, sublinhando que esta média de uso de sacos de plástico em Portugal “é muito superior” à da União Europeia.

Com esta medida o Governo prevê arrecadar cerca de 40 milhões de euros. “O objectivo não é que as pessoas paguem este imposto, mas que deixem de usar os sacos de plástico”, afirmou. Nesse sentido, o Executivo estima que a utilização de sacos de plástico caia para os 35 por habitante por ano em 2016.

LEIA TAMBÉM

Presidente da Junta de Travanca de Lagos demitiu-se

O presidente da Junta de Freguesia de Travanca de Lagos, António Soares, apresentou hoje a …

Oliveirense Rafael Dias pretende liderar a partir de amanhã a Comissão Política Distrital de Coimbra da Juventude Popular

O oliveirense Rafael Dias é candidato à presidência da Comissão Política Distrital de Coimbra da …