Salão de cabeleireiro foi assaltado na última madrugada em Oliveira do Hospital

Larápios arrombaram porta do salão de cabeleireiro “Leonor Lopes” e furtaram produtos de beleza, televisão, suporte e as moedas de montante reduzido que se encontrava na caixa registadora.

O assalto ocorreu durante a última madrugada, tendo o alerta sido dado à GNR de Oliveira do Hospital às primeiras horas da manhã, por ocasião da abertura habitual do espaço, pelas 9h00. Do interior do salão de cabeleireiro situado no edifício Areias, em pleno centro da cidade de Oliveira do Hospital, foram furtados vários produtos de cabeleireiro e cosmética, utensílios de manicure, uma televisão e respetivo suporte. Da caixa registadora furtaram ainda as moedas cujo montante não deveria ser superior aos 20 Euros.

Para acederem ao interior do espaço, os assaltantes arrombaram a porta tendo partido o vidro da mesma. Durante o assalto, os larápios ainda tiveram oportunidade de usar a casa de banho que é comum às lojas contíguas e cuja chave se encontrava no interior do salão de cabeleireiro, pelo que há desconfiança de que os autores do assalto conheciam o espaço e o seu modo de funcionamento.

Leonor Lopes, proprietária do salão de cabeleireiro queixa-se dos prejuízos materiais resultantes do assalto. “Ainda ontem tinha recebido uma encomenda de produtos de cerca de 500 Euros e levaram praticamente tudo”, referiu indignada a este diário digital, alertando para o facto de o assalto ter sido facilitado pelo facto de a porta que dá acesso ao corredor onde se situam as lojas ter ficado aberta. De acordo com a cabeleireira naquele espaço funciona um espaço de formação profissional noturno.

A GNR de Oliveira do Hospital participou o caso ao Ministério Público e deu início ao processo de investigação.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …