Sampaense alcançou triunfo muito suado

Lutou-se até ao último segundo no jogo que colocou frente a frente o Algés e o Sampaense. A vitória acabou por sorrir à formação de S. Paio de Gramaços (79-76), que mesmo a jogar fora de casa, foi mais feliz nos instantes finais do encontro, se bem que tenha procurado com toda a justiça a sorte do jogo.

O jogo foi sempre muito equilibrado, com nenhuma das equipas a conseguir fugir no marcador. Ainda assim, as maiores vantagens pertenceram ao Algés, nomeadamente durante a primeira parte, altura em que chegou a estar a vencer por 40-30. Mas um parcial de 9-0 favorável aos forasteiros, levava o jogo para intervalo com as duas equipas separadas por um ponto apenas (40-39).

O início do segundo tempo foi marcado por alternâncias no marcador, mas desta vez foi o Algés a terminar melhor o período, já que depois de ter estado a perder por 49-54, acabou por terminar na frente o quarto (58-56).

Nos derradeiros 10 minutos, a equipa do Algés mantinha-se fiel à sua defesa hxh, já o Sampaense apostava numa zona press como forma de condicionar o sucesso ofensivo dos algesinos. Se o tiro exterior valia pontos à equipa da casa, o Sampaense beneficiava das penetrações em drible e das ações individuais para somar pontos. Mas seria um triplo de Eki Viana (77-76), à entrada do último minuto, que encaminharia os forasteiros para a vitória.

A posse de bola seguinte terminaria em turnover para a equipa de Algés, que depois de dois lances-livres convertidos por Joel Almeida (79-76), ainda teve a oportunidade de lançar de três pontos, após mais pedido de desconto de tempo de André Martins.

O base Christopher Jr. (22 pontos, 4 ressaltos e 2 assistências) continua a demonstrar a sua qualidade no comando da equipa do Sampaense, e Joel Almeida (25 pontos, 3 ressaltos e 3 roubos de bola) revelou uma vez mais a sua facilidade em colocar a bola no cesto. Eki Viana (10 pontos, 7 ressaltos e 5 assistências), como sempre, foi a alma da equipa.

Mais uma bela exibição de Josimar Cardoso (21 pontos, 9 ressaltos e 2 assistências), bem como de João Santos (15 pontos, 7 ressaltos e 3 assistências) e António Pires (7 pontos, 10 assistências e 5 ressaltos), que ainda assim não foram suficientes para garantir o triunfo do Algés.

fpb.pt

LEIA TAMBÉM

Gouveia recebe Campeonato Mundial Trial de motos

O Parque da Senhora dos Verdes, em Gouveia, vai receber, entre os dias 23 e …

Luís Mota voltou a vencer as 100 milhas do Oh Meu Deus – Ultra Trail Serra da Estrela

O atleta Luís Mota, do Clube do Benfica de Abrantes, venceu as 100 milhas do …