No passado domingo o Sampaense recebeu e venceu o Atlético num jogo onde os visitantes se apresentaram somente com 7 atletas aptos a competir.

Sampaense com vitória importante para garantir o “play-off”

Agora todos os jogos se apresentam como finais, caso o Sampaense queira garantir a presença nos “play-off” da Proliga na edição deste ano. Portanto, o jogo com o Atlético era decisivo, não só pela urgência de vitórias, como também pelo facto de quase todos os adversários directos a ocupar a posição final do Sampaense terem conseguido vencer os seus jogos.

O início do desafio foi desajeitado mas equilibrado, uma vez que os erros sucessivos se dividiram entre as duas equipas. Com um jogo muito passivo, os homens da casa só levam a vantagem do jogo para o segundo período após uma jogada de insistência que estabeleceu a pontuação em 17-15.

Nos segundos 10 minutos o Atlético superiorizou-se e devido à apatia defensiva do Sampaense, conquistou uma vantagem significativa que deixou os beirões numa situação difícil para a segunda parte. O jogo foi para intervalo com o resultado de 35-43.

O terceiro período ficou marcado pela recuperação do Sampaense. Apoiados numa belíssima exibição de Dustin Brown, os jogadores da casa solidificaram a sua postura ofensiva e foram melhores no jogo exterior, o que os levou a conquistar uma vantagem sólida e a obrigar os visitantes a ter de se reforçarem nas posições defensivas. Como tinham poucos jogadores disponíveis, não podendo por isso arriscar muito nas faltas, o ataque Sampaense conseguiu penetrar mais vezes na área adversária e dilatar mais ainda o parcial do período. A partida vai para o último tempo com o resultado fixo em 63-53.

Nos últimos 10 minutos foi a capacidade de gestão da equipa da casa que controlou o desenrolar do jogo. Bem defensivamente e a cometer poucos erros no campo do oponente, viu-se a jogar uma equipa mais coesa e sem a pressão de ter de lutar até ao último minuto. O jogo terminou com 94-72 para o Sampaense que com esta vitória ainda depende de si próprio para conseguir o objectivo de estar presente no “play-off”. Apesar das muitas baixas na equipa, o Atlético foi um digno vencido, mantendo a sua postura competitiva até ao final.

O MVP da partida foi Dustin Brown que coroou uma excelente exibição com 33 pontos e 12 ressaltos. Em igual destaque no Sampaense estiveram Justin Marshall com 17 pontos e 8 ressaltos e Dário Mourato com 16 pontos e 2 ressaltos.

No Atlético destacaram-se Paulo Trigueiro com 18 pontos, Jorge Afonso com 17 pontos e Tiago Westenfeld com 15 pontos.

FC Porto no pavilhão do Sampaense, esta quarta-feira

Na próxima quarta-feira o Sampaense recebe o F. C. Porto a contar para a Taça de Portugal, jogo a realizar no pavilhão Serafim Marques pelas 21 horas e que em caso de vitória dará acesso a uma presença na final a 8 da mesma competição.

Por: PNV

LEIA TAMBÉM

Cristiano Letal Ronaldo

Joelhos na relva, punhos cerrados, sorriso rasgado, olhos fechados, cabeça bem erguida e o grito …

Trail Running Serra da Estrela

A maior aventura de Trail Running em Portugal está de regresso à Serra da Estrela com participantes de 16 países

Seia vai realizar de 9 a 11 de Junho, pelo quarto ano consecutivo a sétima …