Sampaense sofreu derrota frente à Ovarense

Após o jogador Pedro Pinho ter rescindido com o clube de S. Paio de Gramaços por motivos pessoais, a equipa beirã defrontou os tri-campeões nacionais da extinta liga profissional. O jogo iniciou-se a bom ritmo e nos primeiros minutos os visitantes conseguiram um parcial de 2-10, que obrigou Emanuel Seco a reorganizar os seus homens, levando o Sampaense a subir de produção e a superar a Ovarense indo para o segundo período a vencer por 21-20. Os jogadores do Sampaense estiveram a vencer por 14 pontos, mas levaram o jogo para intervalo com o resultado de 44-33.

No início do terceiro período, a Ovarense reduziu a diferença a apenas dois pontos. Uma sucessão de “turn-overs” deu confiança aos vareiros, mas o Sampaense equilibrou os acontecimentos, garantindo o empate no final dos 30 minutos de jogo. O último período foi devastador para o Sampaense. Com muito menos banco para rodar e a assistir a um trio de arbitragem confuso, as forças começaram a faltar e aproveitando isso a Ovarense começou a crescer. Com alguma normalidade, sem uma oposição capaz, como tinha sido até ao 3º período, o jogo exterior dos visitantes fez a diferença nesta fase e o jogo termina com vitória da equipa da LPB.

O MVP da partida foi Grerory Stempin com 26 pontos e 10 ressaltos. Estiveram em igual destaque na Ovarense Miguel Miranda com 17 pontos e John Waller com 14 pontos. No Sampaense destacaram-se Kendell Craig com 20 pontos, Kevin Jolley com 19 pontos, Jorge Sing com 14 pontos e Seco Camarà com 13 pontos.

Para a semana há jornada dupla com a deslocação do Sampaense a Ponte de Sôr no sábado dia 11 e a recepção ao Atlético no domingo dia 12 de Outubro.

PNV

 

LEIA TAMBÉM

O Bava da Bola

Um tal Bava, Zeinal de primeiro nome, foi presidente executivo durante anos da PT. Em …

Aquela máquina…

Dois golos de Cristiano Ronaldo e um de André Silva asseguraram a vitória de Portugal …