Depois de um final de ano para esquecer, o Sampaense encontrou-se de novo com as vitórias. Frente ao Vila Pouca, a única equipa da Proliga que ainda não conseguiu uma vitória, o Sampaense mostrou mais garra e conseguiu uma vitória moralizante.

Sampaense voltou de novo às Vitórias…

O jogo disputou-se em tarde húmida e fria, com o pavilhão bem composto e com todo o público à espera de uma vitória que devolvesse a equipa às vitórias.

A partida iniciou-se com superioridade para os homens da casa que chegam a um parcial positivo de 11-1. O Vila Pouca tentava reagir como podia, mas o primeiro período terminou com o resultado de 23-14.

No segundo período a tendência de jogo manteve-se, o Sampaense mostrou maior consistência colectiva e eficácia atacante e levou o jogo para intervalo com o resultado fixo em 46-22, vantagem confortável para a melhor equipa em campo até ao momento.

As condições atmosféricas não ajudavam em nada e o muito público presente ajudava ainda mais a que a condensação interior no pavilhão começasse a tornar o piso escorregadio, facto que se tentava resolver com todos os meios disponíveis.

A segunda parte começou com uma maior igualdade entre ambas as formações, o maior acerto no jogo exterior por parte dos visitantes levou a maiores níveis de desconcentração do Sampaense. Shane Dennie do Vila Pouca entrou com mão quente e os seus 3 triplos consecutivos puseram em sentido os jogadores de S. Paio. O jogo foi para o último período com o resultado de 61-47.

Nos últimos 10 minutos o Sampaense voltou a mandar no jogo, mas também foi nesta altura que o piso se tornou quase impraticável. Com sucessivos escorregões por parte de jogadores de ambas as equipas, a partida baixou de ritmo e todos fizeram um esforço para terminar os 40 minutos regulares sem lesões. No final da partida, numa altura em que a vantagem caseira era praticamente insuperável, as duas formações resolveram queimar tempo até ao final de forma a salvaguardar a integridade dos atletas, que desportivamente entenderam dar um final seguro ao jogo.

O desafio terminou com o resultado de 82-58 e marcou o regresso do Sampaense às vitórias.

O MVP da partida foi Shane Dennie do Vila Pouca, com 28 pontos e 2 ressaltos.

Em destaque no Sampaense estiveram Justin Marshall com 27 pontos e 6 ressaltos, Vítor Farinha com 18 pontos e Odair Conceição e André Carvalho com 10 pontos cada um.

LEIA TAMBÉM

Petizes do FC Oliveira do Hospital são vice-campeões distritais

A formação do FC Oliveira do Hospital, no escalão do petizes, sagrou-se ontem vice-campeã distrital …

O Bava da Bola

Um tal Bava, Zeinal de primeiro nome, foi presidente executivo durante anos da PT. Em …