Secretário de Estado comprometeu-se a ajudar a Ancose a ultrapassar constrangimentos

É positivo o balanço que a Ancose faz da participação do Secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agro Alimentar nos concurso regional e nacional de ovinos Serra da Estrela. Nuno Vieira e Brito comprometeu-se a ajudar a associação a “ultrapassar constrangimentos”.

Depois de já ter visitado a Ancose por ocasião da Feira do Queijo de Oliveira do Hospital, o secretário de Estado Nuno Vieira e Brito regressou àquela Associação que no passado fim de semanada levou a eleito mais uma edição dos concursos regional e nacional de ovinos Serra da Estrela.

A participar na sessão de encerramento do duplo evento que também contou com a presença do presidente da Câmara de Oliveira do Hospital, o governante assegurou estar consciente dos problemas com que os produtores se debatem e manifestou todo o seu interesse em ajudar a ultrapassar estes constrangimentos em franco diálogo com a Ancose, enquanto representante dos criadores. Na ocasião, Nuno vieira e Brito deu ainda a informação de que a proposta efetuada pela Associação  através de um pedido de derrogações submetido ao Ministério da Agricultura àcerca das medidas de flexibilidade à produção de leite e lacticínios de pequenos ruminantes, estava a ser tratada com a Comissão Europeia.

Ao governante que teve oportunidade de visitar o local de exposição dos ovinos dos 28 criadores a concurso, a Ancose transmitiu ainda aquelas que são as principais preocupações que se abatem sobre o setor como a exigência para legalização das pequenas explorações de leite de pequenos ruminantes numa zona de minifúndio, entrada de leite vindo de outros países, baixa utilização das Denominações de Origem Protegida Serra da Estrela, incumprimento do Estado com os acordos celebrados com a Associação no que diz respeito à sanidade animal, política para o setor dos pequenos ruminantes a médio e longo prazo e Quadro comunitário 2014-2020.

“Obtivemos a melhor atenção para as nossas propostas, tendo desde logo procedido ao agendamento de reuniões de trabalho na Secretaria de Estado da Alimentação e Investigação Agroalimentar e na Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Centro”, refere o presidente da direção da Ancose, Manuel Marques.

LEIA TAMBÉM

Atropelamento mortal em Candosa, concelho de Tábua

Mulher morreu hoje em Oliveira do Hospital vítima de atropelamento na EN17 junto ao Lidl

Uma mulher, com 60 anos, morreu ao final da manhã de hoje na sequência de …

Detidos incendiários em Viseu, Vouzela e Tondela

A Polícia Judiciária deteve um homem, de 41 anos, casado, servente de pedreiro, pela presumível …

  • Leandro Santos

    É tão estranho estas ajudas todas só chegarem perto da altura das eleições… Muito estranho…