O “Aquilo Teatro da Guarda” apresenta amanhã, pelas 21h45, no palco do cine-teatro da Casa Municipal da Cultura de Seia a peça de teatro “A Cantora Careca” de Eugéne Ionesco.

Seia: “A Cantora Careca” no cine-teatro da Casa Municipal da Cultura

Imagem vazia padrãoEugène Ionesco, é considerado um dos autores mais expressivos do Teatro do Absurdo que floresceu na Europa no início do século XX, conhecido por retratar a solidão do ser humano e a insignificância da sua existência em cenas caracterizadas por uma total banalidade em que o surrealismo verbal é dominante.

O próprio dramaturgo assume que as situações que apresenta constituem “uma anticomédia”, ou seja, sendo aparentemente cómicas, pertencem ao foro do profundamente trágico.

Ionesco problematiza o quotidiano e leva o espectador a questionar: o que é que se esconde por detrás das nossas conversas fúteis e vazias? Porque é que temos medo? Do que é que temos medo? Quem nos quer cegos, surdos e mudos? Quem nos quer tirar a capacidade de ver as coisas como elas são? De exprimir o que vemos? De termos convicções e sentirmos emoções? De agirmos segundo as mesmas? O que podemos fazer para melhorar este admirável mundo novo, cheio de vazios e preenchido com ausências e irrelevâncias?

LEIA TAMBÉM

Câmara Municipal de Seia promove incentivos à criação de emprego e ao investimento.

Município de Seia disponibiliza 100 mil euros para prioridades definidas pelos munícipes

A Câmara Municipal de Seia alocou uma verba de 100 mil euros para o orçamento …

Turistrela tem anteprojecto para colmatar problema do corte de estradas de acesso à Torre

Turistrela concluiu um anteprojecto para a instalação de três telecabinas na Serra da Estrela, iniciativa …