iluminação LED

Seia aposta em tecnologia LED no Museu do Brinquedo e pensa poupar mais de 4 mil euros anuais em electricidade

O Município de Seia vai fazer este ano a substituição integral da iluminação existente no Museu do Brinquedo de Seia por tecnologia LED. Esta é considerada a solução mais eficiente, duradoura e com menores impactos ambientais. Com esta acção, definida no Plano de Ação para a Energia Sustentável do Município de Seia, a autarquia prevê, anualmente, uma poupança na factura da electricidade do Museu do Brinquedo de 4159,23 euros e, em termos ambientais, a redução de 3 tCO2 – emissão de gases de efeito estufa.

O Município estima recuperar o investimento efectuada nas lâmpadas LED ao fim de 10 meses, antecipando um consumo energético no Museu de 1.980 euros e a libertação de 2,0 tCO2, previsões anuais.

Esta é mais uma acção da autarquia em termos de boas práticas ambientais. Faz parte de um conjunto de projectos sobre o compromisso de tornar o concelho mais sustentável e amigo do ambiente, de que constituem exemplos: o programa Eco2SEIA, os Planos de Acção para a Energia Sustentável e Mobilidade Urbana Sustentável do Município de Seia e a adesão ao ClimAdapt, que tem como principal objectivo desenvolverem a Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas.

Seia vai aderir também aderir à Hora do Planeta e desligará as luzes de edifícios públicos no dia 19 de Março de 2016, entre as 20H30 e as 21H30, em associação ao maior movimento global pelo ambiente e contra as alterações climáticas, a Hora do Planeta. O contributo de Seia para a maior acção ambientalmente sustentável à escala mundial reflectir-se-á no apagar das luzes, durante 60 minutos, nos edifícios da Biblioteca Municipal, Casa Municipal das Artes, Igreja Matriz de Seia, Mercado Municipal e Paços do Concelho.

A Hora do Planeta é uma iniciativa da organização global de conservação de natureza WWF que procura incentivar cidadãos, empresas e governos a desligarem as luzes por uma hora, mostrando assim o seu apoio à luta contra as alterações climáticas. A Câmara de Seia aderiu, pela primeira vez, à Hora do Planeta em 2011 e, desde então, todos os anos se tem associado à iniciativa, enquanto gesto simbólico representativo da consciencialização de um problema que é de todos: as alterações climáticas.

LEIA TAMBÉM

Mais de duas toneladas de queijo denominado Serra da Estrela apreendidos em Seia

Mais de duas toneladas de queijo indevidamente classificado com denominação de origem protegida (DOP) Serra …

Homem de 47 anos detido depois de violar mulher em Coimbra que conheceu via Facebook

Um homem de 47 anos, empregado na construção civil, foi detido pela Polícia Judiciária depois …