Seia : Câmara apresenta resultados da reflorestação das Pedras Lavradas

Com sessão prevista para as 10h00 no auditório do Centro de Interpretação da Serra da Estrela (CISE), a apresentação – seguida por uma visita ao local – vai incidir no trabalho de recuperação desencadeado desde 2006 nas freguesias de Alvôco da Serra, Cabeça, Loriga, Vide e Teixeira, depois do violento incêndio ocorrido em 2005.

De sublinhar que se tratou de um projecto desenvolvido numa parceria entre o município, Fundação Focus Assistência Humanitária Europa e, a Associação dos Amigos da Teixeira, representante dos 17 proprietários dos prédios rústicos localizados no local de “Pedras Lavradas”, na freguesia de Teixeira, local onde incide este projecto.

De acordo com nota de imprensa enviada ao correiodabeiraserra.com, o objectivo principal do projecto, além de reabilitar e revalorizar as áreas ardidas é de servir de modelo e de estudo de caso a futuras intervenções e recuperações de áreas devastadas por incêndios.

No total foram plantadas cerca de 16 600 árvores autóctones (medronheiro, azinheira, vidoeiro e outras espécies folhosas), distribuídas pelas seis parcelas do projecto. Foi ainda instalado um apiário, com cerca de 40 colmeias e beneficiados cerca de 1 300 metros de caminhos.

Para a protecção da área modelo, foi ainda construída uma faixa de redução e de interrupção de combustíveis na área envolvente do projecto, com vista a minorar os efeitos de um possível incêndio.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …