Seia convida público a acompanhar pastores na subida com os rebanhos à serra

A festa da transumância, a tradicional subida dos rebanhos e dos pastores à serra da Estrela em busca de melhores pastos, vai repetir-se este ano, em Seia, no dia 2 de Julho. Esta prática, ainda enraizada na comunidade pastoril do concelho, é assinalada pelo quarto ano consecutivo.

O evento será mais uma vez aberto à participação do público que pode acompanhar os pastores na viagem à serra e descobrir uma das mais simbólicas actividades do pastoreio. O gado (aproximadamente 800 a 1000 cabeças), proveniente das terras chãs (Santa Comba, Folgosa, Maceira), concentrar-se-á no largo da câmara, às 7h30, e atravessará a cidade em direcção à montanha, prosseguindo a sua viagem pelos seculares caminhos da transumância, em direcção àquela que é a aldeia dos pastores, o Sabugueiro. Pelo caminho estão preparadas degustações gastronómicas, como a típica merenda do Alforge e um almoço com os pastores.

A anteceder a subida à serra, uma semana antes, a 26 de Junho, celebra-se na aldeia da Folgosa da Madalena a Festa dos Pastores, com a romaria das ovelhas à Festa de S. João. Aqui, a partir das 18h, os pastores acompanhados dos rebanhos, vindos das várias aldeias, cumprem a tradição, desfilando, à vez, em volta da capela de São João Batista, pedindo ao padroeiro um bom ano de pasto e protecção para o gado. Para o efeito, as ovelhas ostentam os maiores e melhores chocalhos e são enfeitadas com “peras e cabeçadas”.

LEIA TAMBÉM

Incêndios causaram mais de 10 milhões de euros de prejuízos em Seia

Os prejuízos financeiros causados pelos incêndios dos dias 15, 16 e 17 de Outubro no …

idosos

Idoso desaparecido em Trancoso

Os Bombeiros e a GNR estão a procurar um homem de 90 anos que foi …

  • Transumante

    Transumância?
    Então , o concelho de OH, saberá o que é isto?
    Nada disto tem a ver com o queijo?
    É uma festa…

  • António Lopes

    Fiz duas vezes…Tinha 12 anos..! Vila Franca- Póvoa Nova- Os famosos pastores irmãos RÉ

  • Joana Silvado

    So quem não vê o seu quintal destruido por esta gente é que pode simpatizar com a pastoricia. Destroem tudo o que é bom e as silvas ficam. A culpa é dos pastores, não das ovelhas e cabras.