Seia: Município assumiu compromisso de reduzir emissões de CO2

Tendo em vista a implementação de melhores práticas no domínio das energias sustentáveis no concelho, o Município de Seia respondeu positivamente ao desafio mais ambicioso lançado pela Comissão Europeia no âmbito da eficiência energética.

Trata-se do Pacto dos Autarcas que consiste num compromisso formal assumido pelas cidades aderentes no sentido de ultrapassar os objectivos da União Europeia, em termos de redução das emissões de CO2, graças a medidas no domínio da eficiência energética e da utilização de energias renováveis.

Para o efeito, a Câmara Municipal – de acordo com informação autárquica – já tem em carteira um conjunto de iniciativas, que começaram com a Certificação Energética de Edifícios Municipais e que culminaram com uma candidatura ao PO Centro no eixo da Energia.

O Pacto de Autarcas é uma iniciativa virada para os resultados, centrada em projectos concretos e em resultados mensuráveis. As cidades e regiões aderentes assumem formalmente o compromisso de reduzir as suas emissões de CO2 em mais de 20 por cento até 2020 graças ao desenvolvimento de planos de acção para as energias sustentáveis.

Os cidadãos serão informados dos resultados obtidos pelas suas cidades através de relatórios periódicos, sujeitos a controlo por terceiros. A Comissão apoiará, através de um mecanismo de “critérios de excelência”, a partilha entre as cidades e regiões que aderem ao Pacto das melhores práticas no domínio das energias sustentáveis em todo o mundo.

LEIA TAMBÉM

Ministro Pedro Marques garantiu em Nelas que a aposta em infra-estruturas de transporte passa pela ferrovia e IP3, ignorando IC6 e IC12

O ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, assegurou ontem em Canas de Senhorim, Nelas, …

José Carlos Alexandrino lança suspeitas sobre queijeiras de Seia nas descargas ilegais no rio Cobral

Como regresso da chuva, os habitantes que vivem próximo do rio Cobral temem que voltem …